Lucas Mineiro comenta estreia nos pesos-galos do UFC em BH

Share it

O chute na vitória premiada de Lucas Mineiro no UFC. Foto: Divulgação

Vencedor do bônus de melhor luta da noite no UFC de Jaraguá do Sul, em maio, Lucas Mineiro volta ao octógono no dia 4 de setembro, diante do estreante Ramiro Hernandez. A luta será cercada de expectativa e novidades para o atleta, que fará sua estreia no peso-galo (até 61kg) justamente em sua cidade-natal, Belo Horizonte.

Em duas aparições no Ultimate no peso leve, Mineiro contabiliza uma derrota, estreando na organização contra Edson Barboza, e uma vitória, sobre Jeremy Larsen. Em ambas as ocasiões, ele considera ter se sentido menor do que o adversário, e espera ter performance diferente em BH.

“Perder peso é sempre muito difícil, dieta é muito ruim, mas está tudo dentro do cronograma. Faltam 6kg ainda e agora é a preparação final, mas acho que não terei problemas. Faltam oito dias para a pesagem oficial e não terei problema, porque está tudo dentro do planejado pelo mestre Diego Lima. Garanto para os fãs que estou vindo mais forte do que nunca para essa categoria nova”, afirma Lucas.

Para superar o duro corte de peso, o atleta da Chute Boxe SP se apega à possibilidade de dar show para os amigos e familiares que estarão nas arquibancadas do ginásio Mineirinho. Em Jaraguá do Sul, o lado emocional o ajudou, e motivado pelo casamento que sairá em breve conquistou o bônus de luta da noite.

“Lutar no Brasil é ótimo, Belo Horizonte é minha cidade natal e a torcida vai estar toda comigo, família, amigos, isso me motiva bastante. Estou focado demais para essa luta e quero dar show para a torcida brasileira. Tenho certeza que sairei vitorioso e se vier um nocaute vai ser perfeito”, almeja Mineiro.

Sobre seu adversário, o estreante no UFC Ramiro Hernandez, que tem um cartel de 13 vitórias e quatro derrotas, Lucas diz conhecê-lo pouco, mas sabe que o americano tem jogo de trocação parecido com o seu. Para ele, o importante é estar sempre pronto para qualquer oponente.

“Sei que ele vai estrear agora no UFC e também baixou de categoria. É um atleta que vem do kickboxing, gosta de trocar porrada como eu e vou para cima, não tenho que escolher adversário. Qualquer um que vier vou para nocautear”, finaliza o brasileiro.

UFC Fight Night: Glover vs Bader
Ginásio Mineirinho, Belo Horizonte, MG
4 de setembro de 2013

Glover Teixeira x Ryan Bader
Ronaldo Jacaré x Yushin Okami
Jussier Formiga x Joseph Benavidez
Francisco Massaranduba x Piotr Hallmann
Rafael Sapo Natal x Tor Troéng
Marcos Vinícius Vina x Ali Bagautinov

Card preliminar

Hugo Wolverine x Wilson Reis
Felipe Sertanejo x Kevin Souza
João Zeferino x Elias Silvéio
Lucas Mineiro x Ramiro Hernandez
Ivan Batman x Keith Wisniewski
Yuri Villefort x Sean Spencer

 

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *