Com Paul Buentello no camp e Shaolin no córner, Bruno Bastos vence outra no MMA

Share it
Bruno Bastos voltou a vencer no MMA no evento texano Legacy

Bruno Bastos voltou a vencer no MMA, no Legacy FC. Foto: Eric Karr/TXMMA.com

Na última sexta-feira, 23 de agosto, o campeão de Jiu-Jitsu Bruno Bastos, aposentado das competições de pano como adulto no último Mundial, subiu ao cercado do Legacy FC para testar seu jogo.

Desceu com a vitória por decisão unânime dos jurados, e feliz da vida: “Estou com a cara limpinha, não deu nem para colecionar cicatrizes. Não tomei um soco no rosto”, vibrou ele, em papo com GRACIEMAG.

Seu oponente foi o americano Gabriel Garcia, faixa-preta de Ralph Gracie. “Assim como eu, ele também dá aulas de Jiu-Jitsu aqui no Texas”, contou Bruno.

O atleta da Nova União preparou-se com afinco para o desafio, o que ajudou na hora H.

“Pude dominar os três assaltos, sempre botando para baixo e batendo por cima. Nos últimos 30 segundos eu entrei errado, puxei para a meia-guarda já saindo de baixo e ficamos ali presos, eu tentando derrubá-lo no single-leg e ele aproveitando para dar uns socos no meu corpo”, avaliou Bastos, nosso GMA em Dallas.

“Eu gostei da minha evolução na parte de trocação – controlei a distância, dei bons jabs, derrubei bem… Todo meu camp de oito semanas foi feito com o veterano do UFC Paul Buentello, um casca-grossa da pesada. Ele fez o evento principal e nocauteou no segundo assalto. O Vitor Shaolin no meu córner também foi fundamental, assim como o Gustavo Dantas que me ajudou com a preparação mental para a luta”, disse ele.

Bruno Bastos realizou sua preparação física com Giulliano Gallupi, na própria academia Bastos BJJ Midland, e contou com o apoio dos patrocinadores Bold Energy, Asher Logistcs, Fuji Sports, Fast Signs, Aggro Brand, Oss Arizona e Jaime Barron Immigration Law Group.

Legacy FC 22
Lubbock, Texas, EUA
23 de agosto de 2013

Paul Buentello venceu James McSweeney por nocaute técnico (socos no corpo) a 2min44s do R2
Eric Davila venceu Artenas Young por decisão dividida dos jurados
Aaron Cerda venceu George Pacurariu por interrupção médica a 2min11s do R3
Joseph Sandoval venceu Jonathan Lopez por nocaute técnico aos 4min18s do R2
Gino Davila venceu Jon Voth por decisão unânime
Anselmo Luna venceu Justin Reiswerg por decisão unânime
Jessie Moreno venceu Dustin Roe por decisão unânime
Daniel Perez venceu Thomas Wayne Moreno por decisão unânime
Bruno Bastos venceu Gabriel Garcia por decisão unânime
Joe Saucedo venceu Larry Garcia por decisão unânime
Javier Minjarez venceu Santana Martinez por decisão dividida
Eric Lunsford venceu George Trujillo por nocaute técnico no R1

Ler matéria completa Read more
There are 6 comments for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *