Jacaré promete ser rápido e eficiente no UFC BH: “A luta com Okami não vai durar”

Share it

Ronaldo Jacaré e sua revista de Jiu-Jitsu favorita. Foto: Gustavo Aragão/GRACIEMAG

Rápido no gatilho e nas finalizações, Ronaldo Jacaré é, apesar das aparências, um faixa-preta de Jiu-Jitsu paciente.

Ele sabe, por exemplo, que uma vitória categórica no UFC em BH, no ginásio Mineirinho, no próximo dia 4 de setembro, contra Yushin Okami, hoje número três no peso médio, é apenas mais um degrau rumo ao topo.

“Sei que ainda vai demorar para eu lutar pelo título. Em dezembro tem a revanche do Anderson Silva com o Chris Weidman, e o próximo a tentar o cinturão será o Vitor Belfort, o Dana White já disse isso. Vou seguir treinando e evoluindo”, Ronaldo Jacaré avalia.

Hoje número cinco do ranking no UFC, Jaca não duvida das habilidades de Okami. Mas está confiante:

“Ele é um judoca duro, sabe clinchar bem e tem complicado os oponentes com um jogo bem completo. Mas estou ótimo fisicamente e treinando bem todos os aspectos. Meu Jiu-Jitsu está afiado, e continua atualizado, eu sei disso porque muitos campeões aparecem para treinar comigo aqui de pano e eu não dou mole para ninguém, não. Se vai ser um lutão? Olha, acho que não vai durar tanto assim, não, para ser considerado um lutão…”, sorri o atleta de 33 anos, gaiato.

A estratégia do faixa-preta de Henrique Machado, pelo que GRACIEMAG acompanhou em um dia de treinos na X-Gym, no Rio de Janeiro, vem sendo traçada desde a primeira luta de Jacaré na carreira, há precisamente dez anos.

Amigo de Jaca desde as vagas magras em Manaus, o lutador de MMA Alan “Nuguette” Silva explica: “Naquele primeiro Jungle, o Jaca era para ter vencido o Macaco. Era botar para baixo e usar o Jiu-Jitsu. Mas, alguém gritou para ele que a luta ia para a TV, para valorizar um pouco em pé, e ele acabou sendo surpreendido e caiu”.

Mole que Jaca não pretende dar no UFC em BH: se der para derrubar e pegar logo na primeira oportunidade, é o que vai acontecer. Tudo bem. Para os espectadores que torcem por um “lutão”, um passeio e uma finalização também vão valer o ingresso.

UFC Fight Night: Glover vs Bader
Ginásio Mineirinho, Belo Horizonte, MG
4 de setembro de 2013

Glover Teixeira x Ryan Bader
Ronaldo Jacaré x Yushin Okami
Jussier Formiga x Joseph Benavidez
Francisco Massaranduba x Piotr Hallmann
Rafael Sapo Natal x Tor Troéng
Marcos Vinícius Vina x Ali Bagautinov

Card preliminar

Hugo Wolverine x Johnny Bedford
Felipe Sertanejo x Kevin Souza
João Zeferino x Kenny Robertson
Lucas Mineiro x Ramiro Hernandez
Ivan Batman x Keith Wisniewski
Yuri Villefort x Sean Spencer

 

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *