Roger Gracie e o UFC: “Não alcancei tudo o que consegui no Jiu-Jitsu só com vitórias”

Share it
Roger Gracie vai voltar a lutar na Ásia, e com duas boas vitórias pode retornar ao UFC. Foto: Strikeforce

Roger Gracie vai atuar novamente na Ásia, e com duas boas vitórias pode voltar ao UFC. Foto: Strikeforce

Sem seu contrato renovado com o UFC após a derrota por decisão para Tim Kennedy, no último dia 6 de julho, Roger Gracie, 31 anos, está mais perto do One FC, organização com sede em Cingapura.

Ele, que fez um bom primeiro round até sentir a parte cardiorrespiratória, depois de perder cerca de 15kg para a luta, agora deve retornar à divisão dos meio-pesados, até 93kg.

“Na próxima luta ele vai voltar entre os meio-pesados”, disse Jorge “Joinha” Guimarães, em conversa com o portal R7. “Conversei com o Dana White e o Joe Silva,  e ficou acertado que, se ele ganhar duas lutas, volta ao UFC. Até por isso, estamos fechando com o One FC, onde ele não ficaria amarrado pelo contrato”, revelou o empresário.

As mudanças em torno de Roger não ficam por aí. O Gracie deve passar mais tempo durante o ano em Los Angeles, para treinar com Lyoto Machida, Glover Teixeira e as demais feras da Black House MMA.

O tricampeão mundial absoluto de Jiu-Jitsu comentou os novos rumos com GRACIEMAG, e afastou um retorno ao pano:

“Eu já sabia, mesmo antes da minha luta com o Tim Kennedy, que era minha última luta do contrato (só restava uma luta pelo contrato antigo com o Strikeforce). Eu sabia, portanto, que depois não tinha nada certo. Mas eu não cheguei aonde cheguei no Jiu-Jitsu somente com vitórias. Eu não alcancei tudo o que consegui de kimono vencendo todas, e não conquistei dez títulos mundiais na faixa-preta sem perder nenhuma luta. Agora eu decidi me dedicar ao MMA, e é isso que farei até o fim da minha carreira. Não importa onde vou lutar nem em qual organização. Treino para ser o número um. Essa derrota no UFC 162 foi apenas um passo para trás, muita coisa ainda vai acontecer”, garantiu Roger.

E você, acredita num retorno triunfal do Gracie ao UFC ano que vem? Comente.

Ler matéria completa Read more
There are 12 comments for this article
  1. Fernando Lara Nunes Siqueira at 2:21 pm

    Óbvio que acredito! Ele tem credibilidade de sobra, merece o reconhecimento e um voto de confiança da torcida! GO ROGER!

  2. José Henrique Leão Teixeira at 1:13 am

    O Roger Gracie começou a competir a partir da faixa marrom em campeonatos mundiais e no ADCC desde 2002. Até o ano de 2010 seu ultimo mundial, perdeu algumas vezes mais venceu 65 lutas, quase todas finalizando, em 2005 finalizou seus 08 adversários no ADCC, "só pedreira". Se ele diz que vai se preparar, e vai achar uma forma de vencer no MMA, com certeza eu acredito que isso irá acontecer. E certamente a organização do UFC não irá menosprezar uma atleta e lutador dessa categoria, quando ele voltar a vencer.

  3. Mario Fernandes at 10:29 am

    Quem conhece o atleta e ser humano que o Roger é , sabe das potencialidades que possui. No entanto, a meu ver, o MMA hoje é esporte altamente profissional e que possui algumas regras esdrúxulas, uma delas é a pesagem com antecedência o que acarreta, para alguns atletas, grande desgaste físico e mental, o que realmente aconteceu. As pessoas do meio sabem que um atleta de ponta do jiu-jitsu, em campeonatos, faz várias lutas até chegar ao título. Nos primórdios do MMA o Royce fazia algumas lutas na mesma noite e com bom desempenho físico. Por que não fazer a pesagem na hora? Por que não lutar no peso real? Por que liberar a reposição de testosterona, doping escandaloso? Acho que o que interessa é o show, é o business, e um atleta fabuloso como o Roger ainda fica sujeito à críticas infundadas de pessoas pouco informadas ou de má-fé.

  4. Alvaro Miragaya at 2:30 pm

    Tem que treinar muito boxe para MMA,misturando com wrestling,MMA por baixo com todo jiujitsu do Roger é alto risco assim mesmo,portanto o Wrestling para defender as quedas é fundamento básico,o boxe para MMA é meio trash,mas fundamental,fechadinho com sua envergadura ele poderia ser um top aliando sua técnica com boxe e wrestling,para isso precisa encontrar as pessoas certas,treinar em pé com Lyoto Machida é um erro,Lyoto tem um jogo em pé totalmente peculiar,são anos de treinamento que montaram aquela técnica,ele precisa reestrurar seu treinamento,sempre na torcida por Roger Gracie,família Gracie e o jiujitsu no MMA.

  5. José Henrique Leão Teixeira at 9:57 pm

    Leonardo Augusto Bicalho Brasil "vergonha" é um pouco forte, ele lutou bem o primeiro assalto e poderia ter ganho, mas pagou caro por um erro na preparação com a perda de peso. Contra o Keith Jardine, antes dessa luta, ele tinha se apresentado muito bem. Atualmente são 08 lutas de MMA, 06 vitórias e 2 derrotas, o Roger é um lutador de primeira qualidade, com certeza vai voltar a vencer….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *