Pettis e Dedé batem boca pela imprensa, e lutador diz: “Ainda quero o Aldo”

Share it
Anthony Pettis vai treinar Jiu-Jitsu no Brasil. Foto: Josh Hedges/Zuffa LCC via Getty Images

Anthony Pettis ainda quer lutar com José Aldo. Foto: Josh Hedges/Zuffa LCC via Getty Images

Após sofrer dura acusação de André Pederneiras por ter deixado a luta contra José Aldo após suposta lesão, Anthony Pettis não deixou barato ao se pronunciar sobre o caso. Ele afirmou que a lesão no joelho realmente ocorreu e garantiu que gostaria de enfrentar Aldo, após seu compromisso com Ben Henderson no próximo 31 de agosto, pelo UFC 164.

À rádio Beat 98FM, no programa “Mundo da Luta”, Dedé disse estar torcendo para o americano derrotar Ben Henderson no UFC em Milwaukee, e então enfrentar José Aldo pelo cinturão dos penas:

“Estou rezando para que o Anthony Pettis ganhe o cinturão dos leves e cumpra o desafio de lutar entre os penas, como o Dana White sugeriu, largando o cinturão e vindo encarar o Aldo na categoria dele. Para mim, ele não se machucou porra nenhuma. Ele viu que não ia bater o peso, que não era tão fácil como ele pensava”, disparou Pederneiras.

A resposta de Pettis foi dada hoje, ao site do Combate.com:

“É estúpido o André Pederneiras falar uma coisa dessa, essa luta era um sonho para mim. Minha lesão foi real, e o UFC me tirou da luta. Espero ganhar a disputa de cinturão contra Ben Henderson e enfrentar o Aldo no peso-pena sim. Meu foco agora é o Ben Henderson. Sei que vai ser uma grande luta e, vencendo, quero a luta com o Aldo. O público ficou muito triste com a minha saída, vai ser uma luta boa para todos”, devolveu Pettis.

Seu treinador de Jiu-Jitsu também entrou na querela. O faixa-preta Diego Moraes (Gracie Ilha), treinador de Jiu-Jitsu de Anthony, garantiu que bater o peso não seria o problema para seu atleta:

“O Pettis bate 70kg sem esforço, na minha opinião o peso ideal para ele é mesmo o 66kg, e sabemos que ele não teria dificuldade para descer. O que ocorre é que já tínhamos atleta nesse peso, por isso nunca trabalhamos essa ideia antes. Agora, o Pettis é um atleta sério e muito responsável, nunca teria essa atitude”, disse Diego, ao Combate.com.

Anthony Pettis comunicou a contusão um mês antes do UFC Rio 163, onde o embate contra José Aldo seria realizado. Com isso, o brasileiro acabou enfrentando Chan Sung Jung, abatido por Aldo no quarto assalto da luta principal, no sábado.

UFC 164
Milwaukee, EUA
31 de agosto de 2013

Ben Henderson x Anthony Pettis
Josh Barnett x Frank Mir
Chad Mendes x Clay Guida
Ben Rothwell x Brandon Vera
Dustin Poirier x Erik Koch
CARD PRELIMINAR
Jamie Varner x Gleison Tibau
Louis Gaudinot x Tim Elliott
Pascal Krauss x Hyun Gyu Lim
Chico Camus x Kyung Ho Kang
Yoel Romero x Brian Houston
Soa Palelei x Nikita Krylov
Al Iaquinta x Ryan Couture
Jared Hamman x Magnus Cedenblad

Ler matéria completa Read more
There are 7 comments for this article
  1. Marco Tulio Lobo Lobo at 7:43 pm

    sou fan do andre como treinador e como pessoa, mais esse comentario dele nada haver, ate parece que o pettis ia fugir, ia ser um lutao o jose aldo e favorito mais nao podemos esquecer que eo pettis e um show men e muito bom tmb outro fenomeno ia ser um lutao, mais e so questao de tempo pra luta acontecer.

  2. Zilmar Gomes at 5:07 am

    sou fã dos brasileiros, mas devo admitir, o pettes é o melhor! assim como o jon jones são os caras que vão da trabalho pra perder o cinturão os caras são completos…quem n assistiu aluta do pettes contra o henderson vale a pena assistir a surra q henderson levou! e ja vou apostando no ufc 164 no pettes! dessa vez o pettes vai lutar com o palito na boca! querem apostar?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *