UFC Rio 4: Resultado do exame indica fissura no pé de José Aldo

Share it

Com o pé direito visivelmente inchado, Aldo bota o coreano para baixo. Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC via Getty Images

Ponto alto do UFC 163, realizado na Arena da Barra, no dia 3 de agosto, o embate entre José Aldo e Chan Sung Jung, o Zumbi Coreano, foi um show de golpes trocados em pé e a confirmação do brasileiro como número um entre os pesos-penas do Ultimate.

Porém, o assunto mais comentado após o embate foi a falta dos potentes chutes de Aldo, que caracterizam o atleta da Nova União. Uma lesão de natureza desconhecida foi revelada logo após o embate, e para saber dos detalhes,  GRACIEMAG entrou em contato com o treinador do campeão, Dedé Pederneiras, que falou sobre a contusão identificada durante o embate, a mudança de estratégia e a natureza real da lesão:

“O Aldo fissurou um dos ossos do pé. O ressonância foi feita e o Dr. Márcio Tannure já providenciou a bota que o José Aldo deve usar para a recuperação”, disse o treinador, que afirmou ter reparado que o pupilo havia ferido o pé logo assim que soltou o golpe com a perna direita:

“Ele machucou o pé logo no primeiro chute aplicado no embate, e nós reparamos lá do córner. Assim que houve o primeiro intervalo, o Aldo falou: ‘Não quero nem ver o meu pé’ e nós puxamos a estratégia para ele boxear mais, sem se arriscar, e botar para baixo quando houvesse uma brecha, para não desgastar o pé lesionado durante a luta.”

E você, leitor, apostaria em que resultado se Aldo não se lesionasse no início do combate?

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *