Júnior Boya entra de emergência e fatura cinturão do Jungle Fight 55

Share it
Júnior Boya comemora no Jungle Fight 55. Foto: Divulgação / Fernando Azevedo

Júnior Boya comemora no Jungle Fight 55. Foto: Divulgação / Fernando Azevedo

Realizada na noite do último sábado, dia 20, no ginásio de General Severiano, sede do Botafogo de Futebol e Regatas, a 55ª edição do Jungle Fight apresentou sete ótimas lutas de MMA para o público,  que também teve a oportunidade de acompanhar a consagração de Junior Boya como campeão interino dos pesos-moscas. Confira os destaques do Jugle FIght 55:

Escalado de última hora, Júnior “Boya” conquista cinturão interino dos moscas

Chamado às pressas para enfrentar Marcos Vinicius “Cabecinha” (Robson “New” foi banido do evento por não bater o peso),  Júnior Boya surpreendeu o público presente, se mostrou melhor durante boa parte da luta e venceu a disputa pelo cinturão interino por nocaute técnico. “Fui avisado da luta na sexta-feira às 22h, tive de perder 6kg para esta luta. Foi tudo muito difícil, mas estou muito feliz para levar esse cinturão para minha família”, contou Boya.

No melhor combate da noite, Caio “Caião” Alencar nocauteia Edson “Conterrâneo”

Na luta mais eletrizante do Jungle Fight 55, Caio “Caião” Alencar e Edson “Conterrâneo” proporcionaram um grande espetáculo para os amantes do MMA na semifinal do GP dos pesados da organização. Mostrando um excelente nível de trocação, os dois levantaram o público em General Severiano. Mesmo com todo ginásio torcendo ao seu favor, “Conterrâneo” não resistiu as potentes investidas de “Caião” e foi derrotado por nocaute técnico no fim do segundo round.

Tudo igual no duelo latino-americano do Jungle Fight 55

Dois duelos entre Brasil e México sacudiram o Jungle Fight 55. No primeiro deles, o brasileiro Ary Santos se mostrou melhor durante toda a luta e acabou finalizando Marco Reyes com uma chave de tornozelo no primeiro round. No segundo confronto, Ederson Moreira e Fabian Quintanar fizeram um combate disputado, com leve vantagem para o atleta do PRVT no primeiro round. Mais ligado no segundo, Quintanar conseguiu tirar um triângulo da cartola e empatou a peleja para os mexicanos.

“Jacarezinho” não toma conhecimento e atropela Patrick Tavares

Atleta da XGym, Fabiano “Jacarezinho” comprovou seu favoritismo e venceu Patrick Tavares por nocaute. Contando com um córner de peso, composto pelo atleta do UFC Ronaldo Jacaré, além dos treinadores Josuel Distak e Rogério Camões, o lutador, que é natural de Roraima, mostrou muita superioridade na luta de solo. Após dominar o oponente do início ao fim, ele conseguiu desferir uma sequência de socos que determinou o final da luta ainda no primeiro round.

Confira os resultados oficiais:

Jungle Fight 55
General Severiano, Botafogo, RJ
20 de julho de 2013 

Júnior Boya venceu Marcos Vinicius “Cabecinha” por nocaute técnico a 1m16s do R2

Caio “Caião” Alencar venceu Edson “Conterrâneo” por nocaute técnico aos 3m41s do R2

Fabian Quintanar finalizou Ederson Moreira no triângulo aos 3m14s do R2

Renato “Moicano” venceu Nilson “Feijão” na decisão unânime dos jurados

Ary Santos finalizou Marcos Reyes na chave de tornozelo aos 2m09s do R1

Fabiano “Jacarezinho” nocauteou Patrick Tavares aos 2m57 do R1

Júnior Abedi venceu Péricles Sampaio por nocaute técnico aos 2m01s do R2

(Fonte: Assessoria de imprensa)

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *