Pedro Nobre e Eduardo Kiko comentam disputa no Web Fight 2

Share it

Eduardo Kiko, Pedro Nobre, e o cinturão do Web Fight 2. Foto: Divulgação

O WebFight Combat 2 ocorre neste domingo, dia 7 de julho, a partir das 19h30, no Hotel Sheraton do Leblon, Rio de Janeiro. A grande expectativa fica pela luta principal da noite, valendo o cinturão peso-mosca, na revanche entre Pedro Nobre, ex-atleta do UFC,  e o experiente Eduardo Kiko, que levou a pior no primeiro encontro, no ano passado. A pesagem será neste sábado, às 11h, no Hotel Sheraton da Barra da Tijuca.

Pedro Nobre tem um cartel de 14 vitórias e apenas uma derrota no MMA. Após um período de treinos de muay thai na Tailândia, ele se diz empolgado com a possibilidade de conquistar o cinturão do WebFight e chamar a atenção do UFC novamente para si. Entretanto, ele sabe que terá um adversário complicado na noite de domingo:

“A expectativa é muito boa, vou lutar com um atleta que já enfrentei e sei que é perigoso, está sendo meu recomeço. O Kiko é um atleta experiente e com a minha última vitória tenho certeza de que ele vai dar o dobro de si. Estou me preparando para dar o dobro também. O evento merece um grande duelo e a estrutura nos deixa com mais vontade de dar show”, afirma.

Uma das coisas que chamaram a atenção de Pedro Nobre foi a estrutura do WebFight, que está em sua segunda edição, mas já mostrou a que veio na primeira, com lutas de qualidade e um suporte de qualidade para os atletas.

“A estrutura do WebFight me levou a aceitar esse desafio. Já lutei em vários eventos no Brasil e o WebFight está entre os melhores. A luta contra o Eduardo também me motivou muito. É um atleta completo e tudo que usar contra, ele vai saber defender. É um cara que defende bem as quedas, entende muito de jiu-jitsu. Vou tentar uma luta diferente da última vez para surpreendê-lo”, conta o lutador da Brazilian Top Team.

Por outro lado, Eduardo Kiko se mostra confiante na revanche. Ele tenta corrigir os erros que o levaram à derrota na primeira vez em que os dois se enfrentaram para dar o troco, agora numa luta que vale o cinturão da categoria.

“Na primeira luta eu ainda não sabia como seria lutar até 57kg. Não acreditava que pudesse baixar tanto meu peso, pois vinha com 66kg. No dia da luta me senti cansado, fraco. Esse foi o principal fator. Para esse novo confronto eu me preparei melhor, pouco antes da pesagem estou com 60kg e sei que não vou precisar fazer muito para chegar ao ideal”, diz.

Eduardo Kiko tem um cartel de 19 vitórias e 12 derrotas. Experiente, ele revela que sua única estratégia é manter a luta em pé para evitar a especialidade do seu oponente.

“Nunca fui um lutador de montar muitas estratégias. Para este confronto eu vou para a trocação, evitando que ele consiga me derrubar. Para isso eu treinei muitas defesas. Sei que ele é um atleta explosivo e perigoso. O MMA é assim, pode-se vencer tanto em pé como no chão. Eu me sinto confortável nos dois”, explica o atleta da Crazy Fight Team.

Na co-luta principal, Bete Tavares encara Ana Maria “Índia” em confronto feminino, valendo o cinturão até 61kg. Em outros dois confrontos de destaque no evento, Danilo “Motosserra” enfrenta Kleber “Orgulho” (até 84kg) e o promissor Raoni Barcelos terá pela frente Erinaldo “Pitbull, na categoria até 66kg. Confira o card do evento:

WEB FIGHT COMBAT 2
Hotel Sheraton, Leblon, RJ
7 de julho de 2013

Pedro Nobre (BTT) x Eduardo “Kiko” (Gracie Fusion) – cinturão até 57kg

Bete Tavares (RFT) x Ana Maria “Índia” (Team Nogueira) – cinturão até 61kg

Danilo “Motosserra” (Nova União) x Kleber “Orgulho” (Champion Team / Nordeste JJ) – até 84kg

Raoni Barcelos (Ruas Vale-Tudo) x Erinaldo Pitbull (Team Nogueira) – até 66kg

Hernani Perpétuo (Nova União) x Sérgio Souza (PRVT/Game Fight) – até 77kg

Giovani Diniz (Nova União) x William Coelho (Nitrix Fight Team) – 70kg

Washington “Washingtai” (Team Pejor) x Julio Cesar “Merenda” (Tatá Fight Team) – até 77kg

Gleidson “Poney” (Team Pejor) x Bruno Camargo (Crazy Fight Team) – até 70kg

Laercio Ribeiro (Crazy Fight Team) x Hemerson “Tigrinho” (Nova União) até 61kg

Leandro “Mun-Há” (Team Pejor) x Bruno Batista (Relma Combat)

(Fonte: Assessoria de imprensa)

 

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *