Vinny Pezão critica Perosh e afirma: “De maneira alguma ele me vencerá no Brasil”

Share it

Vinny Magalhães perdeu para Phil Davis no UFC 159 e achou uma afronta o desafio de Anthony Perosh. Foto: UFC/Divulgação

Vinny Magalhães está com o próximo adversário, Anthony Perosh, engasgado em sua garganta.

Depois do australiano ter pedido para enfrentá-lo, Vinny não pensa em outra coisa senão vencê-lo dia 3 de agosto, no Rio de Janeiro, e se manter bem dentro do Ultimate. Ao programa de rádio “MMA Sentinel”, o brasileiro criticou a maneira como o rival o desafiou e garantiu que ele vai pagar por isso no octógono:

“Não sei por que ele me chamou para o combate. Quero dizer, ele vem de uma derrota em sete segundos. Eu nem chamaria aquilo de luta. Já foi ruim o fato de ele me desafiar depois de ter perdido, mas foi pior porque pediu que fosse no Brasil, na frente da minha família e amigos. Eu vou fazer com que ele pareça um tolo, mesmo que tenha sido ele a me desafiar”.

“A primeira vez que assinei com o UFC, Joe Silva me pediu para lhe passar uma lista de nomes que eu gostaria de enfrentar imediatamente. Eu lhe dei uma lista com mais ou menos seis nomes, e Anthony Perosh não estava nela, mas o Ultimate optou por entrar em contato com o australiano primeiro e ele respondeu: ‘Não, não quero lutar com o Vinny’. Deu a entender que este combate não fazia sentido algum para ele. Agora que perdi um duelo para um Top 10 do ranking dos meio-pesados, ele quer me enfrentar. Perosh não está nem perto do nível de Phil Davis e fica dizendo:  ‘Oh, quero enfrentar Vinny porque ele é um merda’. Tomei isso pelo lado pessoal, porque quando você desafia alguém após uma derrota esta pessoa quer dizer que pode te bater também. Agora ele terá que pagar por ter me desafiado. De maneira alguma Perosh vai me vencer no Brasil. Não é porque trata-se do meu país, amigos e família que estarão lá. É mais do que isso. É pela garantia do meu trabalho. É mais sério do que ele pensa que é”.

Questionado sobre o Jiu-Jitsu de seu adversário, Vinny, que é faixa-preta e ex-campeão na arte suave, respondeu sem muitas preocupações:

“Não quero parecer arrogante, mas Anthony Perosh é um idiota. Ele tem um bom Jiu-Jitsu. É considerado o melhor na Austrália porque lá só tem ele e o irmão dele no esporte, praticamente. Se você é o melhor tem que ter competido com pelo menos 20 caras bons. Quando é só você e mais um sendo os melhores de um país, isso não significa muito”.

Vinny Magalhães e Anthony Perosh se enfrentam no UFC 163, dia 3 de agosto, no Rio de Janeiro. Confira o card completo do evento:

UFC 163
HSBC Arena, Rio de Janeiro
3 de agosto de 2013

José Aldo x Chan Sung Jung
Lyoto Machida x Phil Davis
Demian Maia x Josh Koscheck
Cezar Mutante x Clint Hester
John Lineker x Phil Harris

Card Preliminar

Vinny Magalhães x Anthony Perosh
Amanda Nunes x Sheila Gaff
Serginho Moraes x Neil Magny
Thales Leites x Tom Watson
Rani Yahia x Josh Clopton
Ian McCall x Iliarde Santos
Viscardi Andrade x Bristol Marunde
Ednaldo Lula x Robert Drysdale

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *