Por bolsas, atletas de Jiu-Jitsu migram do Nordeste para Manaus

Share it

Seminário de graça de MMA em Manaus: apoio financeiro tem atraído jovens promessas do Jiu-Jitsu. Foto: Arthur Castro/Divulgação

Polo consagrado do Jiu-Jitsu desde os anos 1990, o estado do Amazonas mantém a fama de celeiro de craques do esporte. E, para alguns atletas, já é visto como o local certo para ganhar a vida lutando.

A capital Manaus, dirigida pelo ex-competidor Arthur Virgílio, oferece bolsas e patrocínios para lutadores, o que tem levado forasteiros a migrar para academias locais e buscar esse apoio.

O faixa-azul Gustavo Argemiro, por exemplo, é um promissor peso leve da Nova União, e começou sua carreira no Rio Grande do Norte, na academia Kimura que formou Renan Barão e outros.

Para manter vivo seu sonho de se manter como futuro lutador da elite, ele convesou com seu professor, Jair Lourenço, e partiu com mala e cuia para viver em Manaus. Ele explicou a atitude, ao jornal “Tribuna do Norte”:

“Em Manaus, o governo e a prefeitura concedem uma bolsa para lutadores de todas as modalidades, contanto que sejam bem ranqueados. A bolsa é de 1.400 reais, mais algumas premiações que dependem dos resultados nos grandes torneios. Com as medalhas, os rendimentos chegam a duplicar”, disse.

Gustavo foi para Manaus a convite do professor Arlisson “Kiki” Melo, que tem academia na capital do Amazonas.

“O Arlisson, juntamente com o Jair Loureço, são como pais para mim. Apesar de reconhecer que o nível do Jiu-Jitsu em Natal é excelente, não penso mais em voltar”, diz a jovem promessa.

Ler matéria completa Read more
There are 5 comments for this article
  1. thais do carmo at 1:48 pm

    Olá meu nome é thais estou precisando de um patrocínio para um projeto de manaus estou muito precisado de kimonos para alguns alunos por favor me ajude a acha patrocínio de kimonos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *