Belfort aceita lutar pelo cinto dos médios: “Fiz por merecer”

Share it
Vitor Belfort acerta Luke Rockhold com seus novos chutes Foto UFC

Vitor Belfort vem de uma bela vitória por nocaute sobre Luke Rockhold no UFC no Combate 2. Foto: UFC/Divulgação

Que Vitor Belfort vem passando o carro sobre seus últimos adversários, isso todos vimos. Mas se há alguns meses perguntássemos a Dana White se o brasileiro teria no futuro próximo uma nova chance ao título dos médios, a resposta seria não.

De acordo com o dirigente do UFC, a forma como Anderson Silva venceu Belfort no UFC 126 (com uma ponteira no queixo), em fevereiro de 2011, foi contundente demais para permitir uma revanche tão próxima. Mas, com o tempo, tal pensamento mudou. De lá para cá, Vitor venceu quatro de suas cinco lutas, todas elas por nocaute ou finalização. Perdeu apenas para o campeão dos meio-pesados, Jon Jones, quando ainda deu um susto no americano ao encaixar uma chave de braço que machucou Jones.

Após derrotar o último detentor do cinturão dos médios do Strikeforce, Luke Rockhold, Vitor Belfort recuperou totalmente a moral com o Ultimate. Em entrevista ao site “MMA Junkie”, o faixa-preta de Carlson Gracie afirmou que não pedirá para enfrentar o vencedor de Anderson Silva ou Chris Weidman, apesar de achar que merece:

“Não acho que agora seja hora de pedir (para lutar pelo cinturão até 84kg). É hora de merecer. Estes são meus valores. Na vida temos de fazer por merecer. Eu vou para a academia todos os dias, treino duro. Sei que vou trazer aquele título, mas não é sobre esperar o tempo certo, é sobre fazer o meu tempo. Você não pode ir contra os resultados, então olhe os meus resultados. É isso que quero dizer. Algumas pessoas merecem, outras não. Alguns tentam chegar ao título falando, sem merecer. Acredito que eu, em todas as áreas da minha vida, faço por merecer”.

Belfort ainda destacou que não ouviu nenhuma promessa do Ultimate sobre ser o próximo desafiante, apesar de saber que com seus resultados, isso seria provável:

“Dana White, Lorenzo Fertitta, eles são os promotores das lutas, e eu os respeito muito. Até agora não ouvi nada deles, e não sei o que pode estar se passando, o que sei é que servi a organização muito bem. Estou fazendo lutas principais da noite, vencendo, chocando a todos. Estou bem aqui e eles sabem disso. Agora é questão de esperar e ver se fiz o bastante”.

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *