Paulo Thiago avalia mudança de equipe e afirma estar pronto para vencer

Share it

Paulo Thiago avalia o camp de treinamento na X-Gym e promete um novo “Caveira” na luta contra Michel Trator. Foto: Carol Correia

Paulo Thiago volta ao octógono do UFC este sábado, 18 de maio contra Michel “Trator”. O estreante substituiu de última hora Lance Benoist, que se lesionou e acabou deixando o card. O “Caveira” precisa desta vitória para se recolocar no Ultimate, mas mostra tranquilidade quando fala sobre o rumo de sua carreira. Em entrevista ao GRACIEMAG.com, o lutador avaliou seu camp na X-Gym e garantiu: “Vocês verão outro Paulo Thiago nesta luta”.

Confira o bate-papo na íntegra com o atleta.

GRACIEMAG: Qual o balanço que você faz desses meses na X-Gym, da vinda para o Rio de Janeiro e o que acrescentou para você?

PAULO THIAGO: Acho que a X-Gym é uma das melhores equipes de MMA do mundo. Tem grandes treinadores como o Rogério Camões, Josuel Distak, Adrian Jaoude e Silvio Behring. Tem também grandes atletas, muito experientes, do meu peso e mais fortes do que eu. É uma equipe bem grande. Acho que isso acrescentou demais no meu jogo. Tinha muito tempo que eu não aprendia tanto. Chego em casa e fico pensando no treino do dia, nas coisas novas que aprendi. Foi um ótimo camp, estou em um ótima forma. Vocês verão outro Paulo Thiago neste sábado.

Voce ia lutar com o Lance Benoist, ele se lesionou e acabou saindo do card há algumas semanas. Como foi essa mudança de adversário em cima da hora?

A preparação estava em dia né? A gente já tinha montado algumas estratégias pra enfrentar o Lance, daí a luta caiu faltando pouco menos de um mês e entrou o Michel Trator no lugar. Fizemos algumas adaptações, afinal o jogo é diferente. Um é canhoto, o outro destro, um é alto, o outro baixo, um luta no muay-thai, o outro prefere o jogo de chão, mas deu tempo de fazer as adaptações e estamos indo bem preparados e com a estratégia toda montada.

O que você poderia falar sobre o seu adversário, o Michel “Trator”?

O Michel é um trator e apesar de estar estreando no UFC, ele é um atleta muito experiente, com mais de 20 lutas invicto na carreira. Ele já passou por todo tipo de situação dentro da luta e não perdeu. Acredito que ele não vai sentir o peso da estreia. Ele vem bem preparado e vai ser um adversário difícil, com certeza.

Como é voltar a lutar na frente da torcida brasileira?

Quando eu lutei no UFC do Rio de Janeiro, a minha entrada foi algo inesquecível pra minha carreira. Foi um momento marcante. Toda torcida participando, cantando, dançando, gritando, foi uma loucura aquilo ali. Eu fiquei mto emocionado. Lembro com muito carinho desse dia e essa cena se repita dia 18 de maio.

Como fica o fato de enfrentar outro brasileiro?

Somos profissionais, temos que enfrentar quem a organização manda. Não posso cobrar nada da torcida, só posso agradecer tudo que sempre fizeram por mim, mas não posso pedir que ela nao torça por ele ou torça por mim. Gostaria de enfrentar um atleta estrangeiro, ainda mais lutando no Brasil, mas lá na hora teremos que nos concentrar é na luta.

Você renovou seu contrato por mais quatro lutas com o UFC, mas você tem a obrigatoriedade de vencer essa proxima luta? Como está a pressão com relação a isso?

Com certeza eu tenho que vencer essa luta. Eu não estou vindo de uma sequência muito boa de resultado, mas não estou me sentindo pressionado. Eu sei o que tenho que fazer, a situação que estou, mas estou muito confiante nos treinos, na preparação que eu tive. Treinar na X-Gym me deu forças para chegar aqui sem medo de demissão. Estou bem tranquilo pra essa luta.

O Michel é um cara que vai aceitar mais o teu jogo de chão, o que você acha?

A luta começa em pé então a gente nunca sabe o que esperar do adversário. Eu sei que ele é um atleta que gosta de derrubar, que é muito forte e pesa bem, mas todo mundo pode mudar de estratégia e surpreender. Estou preparado para todas as situações. Se for pro chão, com certeza estou em casa. Treinei com um fenômeno do Jiu-Jitsu que é o Jacaré, que me ajudou bastante. Também tive a ajuda do professor Silvio Behring e de toda equipe da X-Gym. Mas caso a luta se desenrole na trocação, eu estou pronto para sair na porrada.

UFC no Combate 2
Arena Jaraguá – Jaraguá do Sul, SC
18 de maio de 2013

Vitor Belfort vs Luke Rockhold
Ronaldo “Jacaré” Souza vs Chris Camozzi
Rafael dos Anjos vs Evan Dunham
Rafael Natal vs João Zeferino

Card Preliminar

Hacran Dias vs Nik Lentz
Francisco “Massaranduba” Trinaldo vs Mike Rio
Gleison Tibau vs John Cholish
Paulo Thiago vs Michel “Trator” Prazeres
Iliarde Santos vs Yuri Alcantâra
Fabio Maldonado vs Roger Hollet
John Lineker vs Azamat Gashimov
Jussier Formiga vs Chris Cariaso
Lucas Martins vs Jeremy Larsen

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *