Brasileiro 2013: Rafael Lovato finaliza e é o 1º americano campeão absoluto do torneio

Share it
Lovato foi o campeão absoluto do Brasileiro 2013, em Barueri. Foto: GRACIEMAG

Lovato é o campeão absoluto do Brasileirão 2013, em Barueri, São Paulo. Foto: Rafael Carvalho/GRACIEMAG

Nas arquibancadas, um silêncio respeitoso seguiu-se ao título absoluto de Rafael Lovato Jr, após o americano da escola Ribeiro Jiu-Jitsu passar a guarda com estilo e finalizar Ricardo Evangelista na chave kimura.

Foi a primeira vez que um estrangeiro chegou no topo do aberto de um Brasileiro, decorrência inevitável da globalização e do sucesso internacional do Jiu-Jitsu na última década. A torcida, apesar de não aplaudir muito o momento histórico, reconheceu a técnica de Lovato.

As finais da faixa-preta do campeonato, realizado em Barueri, São Paulo, terminaram um pouco antes das 20h, e houve outros momentos memoráveis.

No superpesado, o novato João Gabriel Rocha não respeitou os dois ouros mundiais de Léo Nogueira (Alliance) e partiu para dentro. Após pegar as costas, o astro da Soul Fighters venceu por 11 a 2, e ouviu o berro vindo da sua torcida: “Chegou agora e já sentou na janela!”.

Brilhou também a estrela de Ricardo Evangelista. O vice-campeão absoluto venceu Rodrigo Cavaca com autoridade, por pontos, na final do pesadíssimo, antes da batalha com Lovato.

No feminino, o grande nome foi Luanna Alzuguir (Alliance), campeã absoluto na faixa-preta após finalizar Michelle Nicolini.

João Gabriel goleou Léo Nogueira e provou que já é uma realidade na elite do Jiu-Jitsu mundial. Foto: Rafael Carvalho

João Gabriel venceu oponentes duros, goleou Léo Nogueira na final e provou que já é uma realidade na elite do Jiu-Jitsu mundial. Foto: Rafael Carvalho

Outro destaque foi Dimitrius Souza, também da Alliance, que eliminou Rafael Lovato no peso pesado e acabou campeão brasileiro, após ter vencido também o Europeu em janeiro. Mais uma fera da Cohab que venceu a vida dura em Sampa e dá o bom exemplo no esporte.

Por equipes, a Alliance venceu o adulto masculino e feminino, enquanto a Gracie Barra varreu as categorias de base.

Veja os demais resultados na faixa-preta:

Galo: Ivaniel Oliveira (CheckMat) venceu Felipe Costa (Brasa) por pontos

Pluma: Pablo Santos (Gracie Barra) finalizou Carlos “Esquisito” Holanda (CheckMat) no triângulo

Pena: Leonardo “Cascão” Saggioro (Brazilian Top Team) venceu Mario Reis (Alliance) na decisão dos juízes

Leve: Juan Kamezawa (Alliance) fechou com Michael Langhi (Alliance)

Médio: Murilo Santana (Barbosa JJ) fechou com Adriano Silva (Barbosa JJ)

Meio-pesado: Rodrigo Fajardo (Gracie Barra) raspou Tarsis Humphreys (Alliance)

Pesado: Dimitrius Souza (Alliance) venceu Leonardo Maciel (GFTeam)

Superpesado: João Gabriel (Soul Fighters) venceu Léo Nogueira (Alliance) por 11 a 2

Pesadíssimo: Ricardo Evangelista (GFTeam) venceu Rodrigo Cavaca (CheckMat) por pontos

Absoluto: Rafael Lovato Jr (Ribeiro JJ) finalizou Ricardo Evangelista (GFTeam) na chave kimura

FEMININO:

Absoluto: Luanna Alzuguir (Alliance) pegou Michelle Nicolini (CheckMat)

Pluma: Angélica Vieira (Atos)

Leve: Luiza Monteiro (Cicero Costha) venceu Marina Ribeiro (CheckMat)

Médio: Luanna Alzuguir (Alliance) venceu Barbara Gomes (Universidade de Brasília)

Meio-pesado: Diana Menezes (Bonsai) venceu Talita Nogueira (Ryan Gracie)

Pesado: Fernanda Mazzelli (Striker) venceu Andressa Correa (Alliance)

Superpesado: Luzia Fernandes (Gracie Barra) venceu Michelle Nicolini (CheckMat)

Pesadíssimo: Maria Teixeira (De La Riva)

MARROM

Absoluto: Paulo Miyao (Cícero Costha) venceu AJ Agazarm (Gracie Barra) na final

Veja os resultados completos no site da CBJJ.

Ler matéria completa Read more
There are 32 comments for this article
  1. Combate Interativo at 2:44 am

    Tem que respeitar vocês mesmo GracieMag. Vocês sempre apoiaram o Jiu-Jitsu! Excelente trabalho que vocês vem fazendo. Quer saber tudo sobre Jiu-Jitsu? GracieMag é o lugar! Mais uma vez, PARABÉNS!

  2. Matheus Lemos de Andrade at 11:15 am

    A GRACIE MAG DEVERIA COBRIR TODAS AS FINAIS COM O MESMO ESPAÇO. O QUE DIZER DE PABLO SILVA, 2X CAMPEÃO BRASILEIRO NA FAIXA PRETA, 1X CAMPEÃO MUNDIAL? FEZ LUTA DURA COM O ESQUISITO E FINALIZOU NO TRIANGULO!
    NEM CITARAM O NOME DO CARA NAS REPORTAGENS ANTES DO CAMPEONATO E NEM DERAM DESTAQUE À UMA DAS POUCAS FINAIS QUE TERMINARAM COM FINALIZAÇÃO!

  3. Thiago Dias at 11:25 am

    Leonardo Saggioro (Cascão) já está merecendo um espaço maior nas publicações né…O cara está sempre entre os campeões. Bi campeão brasileiro peso pena 2012/2013…

  4. Rodrigo Cavaca at 12:19 pm

    Fazia tempo que nao via uma materia tao ruim da Graciemag em um evento tao importante como o Brasileiro de Jiu Jitsu, uma materia totalmente incompleta e com diversos erros, pois quem escreveu nao entende de jiu jitsu ou entao nao viu nenhuma luta do evento e depois saiu perguntando quais foram os resultados para os faixas brancas que estavam assistindo! Espero que nao cometam o mesmo erro no Mundial, pois a Graciemag sempre se destacou pelas suas coberturas. Obrigado.

  5. Tiago Silva Pires at 12:53 pm

    A medalha do Lovato não é decorrente da globalização do Jiu Jitsu e sim da falta de apoio e da profissionalização do Jiu Jitsu.
    Nos EUA os atletas podem treinar e viver de Jiu Jitsu…haja visto a maioria dos grandes atletas e professores terem migrado para lá….
    acorda Brasil logo logo veremos mais gringos no pódio não se espantem…..

    • DiPipe Luciano Júnior at 4:09 pm

      O que me assusta nem vai ser ver gringos no pódio.
      Vai doer é ver os tops que estão lá fora, recebendo, pra se naturalizarem americanos.
      Aí quando o jiu jitsu for olímpico, a gente vai ver um monte de brasileiro dando medalha pros EUA, graças ao descaso com o crescimento do jiu jitsu, pelo governo.
      Muitos já tem enorme identificação com o país norte americano, não teriam o menor problema em lutar pelos EUA, por dinheiro.

  6. Romero Jacare Cavalcanti at 3:10 am

    Acho que deevriam publicar direito as categorias disputadas e quem ganhou, a Master/Senior por exemplo nao e nem mencionada, depois um termo bem exdruxulo Gracie Barra vareu as categorias de base Luana pegou Michele, acho que o reporter que escreveu essas noticias deu uma tremenda bola fora, essa nao a Gracie Mag que eu conheco e Brasileiro tem que ter uma cobertura DECENTE!!!

    • Michel França at 3:47 am

      Boa mestre sem contar que ja notei que algumas noticias que saem no site em ingles não sai na pagina en portugues sera que nois Brasileiros leitores não temos mesma importancia… se liga neh Graciemag

    • Luca Atalla at 4:55 am

      Opa, Michel França, obrigado pela participação.
      Muitas notas em português não saem em inglês e vice-versa.

      Não se trata de importância, trata-se de relevância. Todos os veículos que atuam em diversas regiões do mundo agem da mesma forma. Não tem por que publicar para brasileiros uma notícia local da Rússia, por exemplo, e o mesmo se dá ao contrário, não precisamos publicar para o público norte-americano a informação relativa a Conceição dos Guararapes, se ela for estritamente local.

      De maneira alguma preterimos uma região ou outra. Abraço!

  7. Luca Atalla at 4:07 am

    Bem, conseguimos desagradar a todos, então resta deixar nossas desculpas e a promessa de uma atenção redobrada nos próximos eventos.

    Rodrigo Cavaca, pode ter certeza que o Mundial terá a equipe inteira em ação, contando com editores do Brasil e dos EUA e os melhores fotógrafos… Investiremos como nenhum outro veículo no planeta para informar não só no GRACIEMAG.com mas também em todos os nossos sites de mídia social, como Facebook, Google+, Twitter, e, claro, na revista impressa.

    Certamente nem assim agradaremos a todos, mas não será por falta de esforço.

    Aos que aproveitaram para comentar que somos um veículo de MMA e não de Jiu-Jitsu, esclareço que nós sempre cobrimos as duas modalidades, basta uma rápida busca no nosso site e folheada nas nossas edições impressas durante a nossa história para constatar. Apesar de sermos um veículo de Jiu-Jitsu, consideramos o MMA um importante cartão de visitas para a promoção da nossa arte marcial.

    Obrigado pela compreensão, pelo apoio, e sobretudo pelas críticas.

    Estamos e sempre estaremos com os olhos e ouvidos abertos para evoluirmos e cumprirmos cada vez melhor a nossa missão de promover o Jiu-Jitsu no mundo.

    Grande abraço a todos!

    • DiPipe Luciano Júnior at 6:52 pm

      EU já ví notícias não regionais saindo na gracie americana, mas eu leio as duas.
      Antes a graciemag também tinha MMA, agora também tem jiu jitsu. Até as matérias sobre MMA tinha um foco no jiu jitsu.
      O mundial é lá fora, eu quero ver a cobertura do brasileiro de equipes, do rio open e do brasileiro de masters e seniors.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *