Em Abu Dhabi, jovem campeão finaliza todo mundo sem 4 dedos da mão

Share it

Khalifa Murad Lal Nassrati e seu professor, com a medalha. Foto: Divulgação

O Jiu-Jitsu não para de surpreender e emocionar. Em Abu Dhabi, um jovem faixa-laranja com uma deficiência na mão entendeu o que é ser especial de fato.

Na quinta edição do WPJJC, realizado na última semana, Khalifa Murad Lal Nassrati, de 13 anos, foi campeão do torneio após vencer suas quatro lutas – três por finalização. Os quatro dedos na mão que lhe faltam não foram problema.

O aluno de Pedro Damasceno, faixa-preta da BTT, já havia vencido no WPJJC no ano passado, e começa a ser reconhecido pelos colegas e autoridades do país.

Com cerca de quatro anos de Jiu-Jitsu, Khalifa treina todos os dias de manhã e de tarde com professor Pedro em sua escola, na cidade de Al Ain, em Abu Dhabi.

Pedro lembra que, no início de sua trajetória no Jiu-Jitsu, o garoto ficou meio desmotivado, até que o faixa-preta teve uma ideia para empolgá-lo:

“Certo dia, mostrei ao Khalifa um vídeo do (professor e campeão do ADCC) Jean Jacques Machado, e ele ficou muito impressionado ao ver que havia um grande lutador com uma realidade igual à sua”, lembra.

“Após ver o vídeo, ele me disse: ‘Professor, vou continuar treinando todos os dias para me tornar um faixa-preta e ser um grande campeão como o Jean Jacques. E meu apelido pode ser ‘Pequeno Jean Jacques’”, conta Pedro Damasceno.

E você, conhece outras histórias emocionantes com o Jiu-Jitsu e a criançada? Divida com a gente e com sua comunidade.

Ler matéria completa Read more
There are 7 comments for this article
  1. Luiz Neto at 8:11 pm

    É por essas e outras que sou apaixonado por esse esporte.E a cada dia que o conheço mais um pouco aumenta minha admiração e desejo de continuar treinando.OSSS

  2. Isabella M. Fontes Bicalho at 9:13 pm

    Me emociona ver uma criança enfrentando problemas, perseverando e triunfando mesmo diante de uma dificuldade desse nível. Tentem um dia treinar sem usar a pegada de uma das mãos, ou com um braço preso à faixa. A admiração por esse pequeno herói vai crescer ainda mais! Parabéns, e não pare nunca. Você representa o que tem de melhor no Jiu Jitsu, Khalifa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *