Após vitória sobre Miesha, Zingano e Rousey se preparam para o “TUF 18”

Share it

A luta de Miesha Tate e Cat Zingano foi sem dúvidas a melhor de todo o card do TUF 17 Finale. Na noite deste sábado, 13 de abril, as pesos-galo provaram que o MMA feminino tem tudo para conquistar ainda mais fãs. Muita ação, Jiu-Jitsu, trocação, e, caras feias. Sim, é desta forma que podemos descrever o duelo destas bravas mulheres.

Tão bravas, que Miesha Tate reclamou pela árbitra central Kim Winslow ter interrompido o combate no terceiro round, decretando a vitória de Zingano por nocaute técnico. Para a ex-campeã do Strikeforce, Kim foi precipitada:

“Estou chateada. Eu definitivamente não estou feliz. Sinto como se ainda estivesse naquela luta. Nem por um segundo achei que deveria ter sido interrompida. Eu sou uma lutadora profissional, queria ter continuado aquele combate. Eu estava muito forte nos dois primeiros rounds. Kim Winslow me disse pra mostrar alguma coisa se eu quisesse continuar na luta. Foi isso que fiz. Eu me ajoelhei, tentei dar um golpe, mas a luta foi encerrada”, disse a americana visivelmente contrariada.

Com a derrota, Miesha dá adeus ao sonho de ser uma das técnicas do “TUF 18” contra sua maior rival, Ronda Rousey. As duas, que se enfrentaram no passado e já se provocam bastante, tem assuntos não resolvidos e arestas que elas gostariam de aparar dentro do cage. Há tempos Miesha quer uma revanche contra a campeã, que tirou o seu cinturão na extinta organização e até hoje o mantém.

Cat Zingano não era tão conhecida do público, mas estava invicta há sete lutas, um cartel muito bom para qualquer atleta. Ela aguentou com coragem todas as investidas de finalização de Miesha Tate no primeiro e segundo round. Na trocação Cat foi superior, magoando bastante o rosto da adversária. Foram nos minutos finais do duelo, que a lutadora acertou algumas boas joelhadas, que fizeram a árbitra interromper a luta.

Veja algumas fotos do combate que levou o bônus de melhor da noite:

[flickr set=72157633250986285]

Com o resultado positivo, Zingano carimbou seu nome no UFC e conquistou a vaga de técnica do “TUF 18”, que terá homens e mulheres entre os competidores. Ao final do programa, ela enfrentará a outra treinadora, Ronda Rousey, valendo o cinturão da categoria.

Na coletiva após o evento de sábado, as duas posaram para fotos na famosa encarada, anunciando a nova edição do reality. Confira o vídeo com estes momentos:

As seletivas para a “TUF 18” começaram nesta segunda-feira, em Las Vegas. Ronda já anunciou o primeiro nome de sua equipe. Sua mãe, Ann Maria DeMars, será a técnica assistente de judô. Ela foi a primeira americana campeã mundial deste esporte em 1976, em Viena.

Já Cat deverá escalar o marido, o brasileiro Maurício Zingano, seu treinador de Jiu-Jitsu. Em entrevista ao programa de rádio Mundo da Luta, o professor afirmou que eles sabem como vencer a atual campeã dos pesos-galo e anular as tentativas de chave de braço, que garantiram as sete vitórias da carreira da loira.

“Estudamos muito o jogo da Ronda e sabemos como lidar com o judô e com a chave de braço dela, estamos preparados para isso. Vai ser uma luta dura, uma luta técnica, mas temos confiança que a Cat vai ganhar. Acho que a trocação da Cat é muito superior e  que o jogo de chão também é muito melhor do que o da Ronda. A Ronda é boa de finalizar, como muitos judocas, mas eu não acredito que as transições dela sejam tão boas quanto as da Cat, como as do jiu-jitsu”, declarou o marido de Cat.

Para Ronda Rousey vai ser incrível ver um duelo entre duas mulheres invictas no MMA. E vocês leitores, acreditam na vitória de quem?

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *