TUF 17 Finale: Expectativas em torno do card principal

Share it

Finalistas do TUF 17, Uriah Hall e Kelvin Gastelum mostram bom humor na hora da encarada. Foto: UFC/ Divulgação

Na noite deste sábado, 13 de abril, o octógono do UFC será palco da final do “TUF 17”. Uriah Hall e Kelvin Gastelum se enfrentam valendo um contrato de seis dígitos com o Ultimate. Os dois atletas do Team Sonnen foram impecáveis em seus desafios na casa, não deixando nenhuma decisão de luta nas mãos dos jurados. O jamaicano Uriah Hall cravou três nocautes. Já Gastelum, o participantes mais novo da história do programa, finalizou duas vezes e nocauteou uma.

Hall ficou conhecido como “Homem Ambulância” ao mandar seus adversários direto para o hospital: Andy Enz, com um braço quebrado, Adam Cella por concussão, Bubba McDaniel por lesão no olho e Dylan Andrews com o nariz fraturado. Os punhos fortes o colocaram como favorito a vencer o “TUF 17”, mas isto tem apenas motivado Kelvin Gastelum, o jovem talento de 21 anos. Logo após os treinos abertos desta quinta-feira, em entrevista, o americano destacou a amizade com o oponente, entretanto garantiu que ser visto como azarão só o impulsiona a vencer:

“Gosto do Uriah, ele é legal. Fizemos uma boa amizade na casa, e não tenho nada de ruim para falar dele. Para falar a verdade, é estranho lutar com ele. Estou sendo visto como azarão desde o começo, e contra ele não é diferente, mesmo sendo uma final. Chega a ser cansativo esta empolgação de todos com o Uriah. Estou sendo subestimado, mas tudo bem. Já mostrei que quem me subestimou estava errado. Estou pronto para fazer isso de novo. Uriah é um grande talento, e espero que ele tenha uma carreira incrível, mas eu tenho meus planos, e vou fazer que dêem certo. Esse é um momento perfeito para uma zebra. Eu estou pronto. Vai ser o clássico combate entre striker e finalizador”.

Nesta sexta-feira, 12 de abril, a pesagem oficial do evento foi marcada pelo clima amistoso entre os finalistas, em uma encarada bem humorada. Isso confirmou que a amizade dos lutadores do lado de fora do cage permanece forte.

Mas não são só estes amigos que vão se enfrentar no TUF 17 Finale. Urijah Faber e Scott Jorgensen fazem a luta principal da noite. Os dois, que foram parceiros de treinos, já disputaram o cinturão dos galos, porém não tiveram êxito contra o campeão Dominick Cruz. O “California Kid” ainda teve a chance de brigar pelo título interino, mas o brasileiro Renan Barão aproveitou sua oportunidade e venceu o adversário com folga. Agora os dois lutadores vem de ótimas vitórias, ambos por finalização e podem estar se aproximando novamente de um title shot. Faber e Jorgensen são bons no jogo de chão, então pode ser que vejamos uma bela demonstração de Jiu-Jitsu neste sábado.

Urijah Faber e Scott Jorgensen são amigos e já treinaram juntos. Na foto eles aparecem com o treinador Diego Moraes, Foto: Reprodução

Quem não quer nem saber de fazer amizades no MMA é Miesha Tate. A ex-campeã do Strikeforce encara Cat Zingano, e está motivada ao máximo para este combate, afinal a vencedora será não só a próxima desafiante ao cinturão dos pesos-galos, como também a treinadora do time rival de Ronda Rousey no “TUF 18”.

Rivais, Miesha Tate e Ronda Rousey querem se enfrentar novamente, desta vez no Ultimate. Foto: Strikeforce/Divulgação

Ronda Rousey e Miesha Tate se enfrentaram em março de 2012, e a loirinha levou a melhor com uma chave de braço no primeiro round, sua especialidade. Na ocasião, as duas se provocaram bastante e criaram uma grande rivalidade que dura até hoje. A campeã chegou afirmar que estava torcendo pelo desafeto para poder ter o gosto de enfrentá-la novamente. Miesha também não deixou barato e disse que uma revanche contra Rousey é tudo o que ela mais quer, como se fosse um “sonho, ou até uma missão”, conforme a lutadora revelou à Revista Veja. Mas para alcançar este objetivo Miesha terá que passar por Cat Zingano, uma casca-grossa do Jiu-Jitsu e invicta no MMA.

Hoje, antes de vermos as meninas em ação, o representante brasileiro no evento, Gabriel Napão vai buscar sua terceira vitória consecutiva no UFC. Mostrando show de Jiu-Jitsu em seus dois últimos desafios, os quais venceu por finalização, o peso-pesado enfrenta Travis Browne, que amargou a primeira derrota de sua carreira em outubro de 2012, quando foi nocauteado por Antonio Pezão.

Único brasileiro no card, Gabriel Napão encara Travis Browne na pesagem oficial do  TUF 17 Finale. Foto: UFC/Divulgação

Os dois lutadores tem grande poder de nocaute, mas Gabriel é superior no chão e pode cravar mais uma vitória antes do terceiro round. O americano, ex-jogador de basquete, é mais alto que o adversário e dez kg mais magro. Mais um motivo para brasileiro arrebentar no Jiu-Jitsu.

Assista ao vídeo da pesagem dos 24 atletas do TUF 17 Finale e vá esquentando para a transmissão deste sábado:

Confira o card completo:

TUF 17 Finale
Mandalay Bay Event Center, Las Vegas (EUA)
13 de abril de 2013

Card Principal

Urijah Faber vs Scott Jorgensen
Uriah Hall vs Kevin Gastelum
Miesha Tate vs Cat Zingano
Travis Browne vs Gabriel Napão
Bubba McDaniel vs Gilbert Smith

Card Preliminar

Josh Samman vs Kevin Casey
Luke Barnatt vs Collin Hart
Dylan Andrews vs Jimmy Quinlan
Clint Hester vs Bristol Marunde
Cole Miller vs Bart Palaszewski
Sam Sicilia vs Maximo Blanco
Justin Lawrence vs Daniel Pineda

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *