Fallon Fox responde aos ataques de Mitrione e White comenta assunto

Share it

Fallon Fox responde aos ataques de Matt Mitrione: “Os comentários dele não refletem o espírito do nosso esporte”. Foto: CFA/Divulgação

Fallon Fox, lutadora transexual, viu seu nome envolvido em críticas após ter sido liberada pela Comissão Atlética da Flórida para competir entre mulheres.

Matt Mitrione, lutador peso-pesado do UFC, ultrapassou os limites e ofendeu a atleta, ocasionando a suspensão do seu contrato na organização (veja a notícia aqui). Agora, foi a vez de Fallon Fox ter o seu direito de resposta, mas quem acha que ela foi agressiva, se engana. Ao site MMA Fighting, Fallon enviou a seguinte declaração:

“Matt Mitrione foi além de discordar de médicos especialistas,que disseram que eu sou capaz de competir como mulher. Ele me atacou como lutadora, como mulher e como ser humano. Os comentários dele não refletem o espírito do nosso esporte, onde a maioria dos atletas defendem valores como o respeito e a dignidade”.

Já o presidente do UFC, Dana White, não mediu as palavras ao falar sobre o assunto. Em teleconferência de imprensa do UFC on Fox 7, realizado nesta terça-feira, 9 de abril, o dirigente soltou o verbo:

“É uma daquelas coisas que só causam problemas, entende? Primeiro de tudo, ele nem deveria ter dado aquela entrevista. Eu vou conversar com estes caras. O único período que eles tem que dar entrevistas é quando estão próximos de suas lutas, para promovê-las. Acabou se tornando um pesadelo pra ele. Qual o ponto daquela entrevista? Nenhum. Aquilo só causou dor de cabeça pra ele e para nós, e sem razão nenhuma”.

E você leitor, o que acha sobre o assunto?

Ler matéria completa Read more
There are 17 comments for this article
  1. Marcelo Ratton at 5:03 pm

    acho q este tipo de polêmica só vai acabar quando criarem 'categorias' específicas para os Transexuais .. a medicina afirma que o corpo não produz mais hormônio igual era antes.
    Mas até onde 'ela' tirou vantagem na sua preparação enquanto seu corpo produzia ???

  2. Danilo Azevedo at 10:05 pm

    Bom é muito complicado o assunto, mas também não vejo motivo para o mercenário do Dana White querer proibir os atletas de darem sua opinião, ainda mais sendo que ela não tem ligação com a organização do UFC

  3. Paula Cossio Diego Dubal at 5:47 pm

    Bota ela pra lutar com a Cris Cyborg !!!! Sou completamente contra esse tipo de preconceito. Acho que o Mitrione foi infeliz com a sua declaração.

  4. Janaína Romão at 3:54 pm

    Bom, não sei quais foram os critérios que os médicos adotaram para que ela tenha sido liberada para lutar com mulheres, mas os tratamentos com hormônios e a própria cirurgia causam alterações no corpo. Tem que ver se essas alterações a deixaram no mesmo nível de força que o das outras lutadoras, para não criar uma desvantagem.

  5. Matheus at 1:25 pm

    Cara isso e tão errado quanto usar anabolizante, por exemplo Rebeca Gusmão foi penalizada com a perca de 5 medalhas do pan de 2007 por tomar hormonios, me diz se Fallon Fox nasceu sendo homem isso n se encaixa tbm? N seria errado igual?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *