Contusões, suor, lágrimas e nocaute de Viscardi marcam episódio do “TUF”

Share it
Viscardi Andrade entra na academia para a luta preliminar contra Thiago Jambo no The Ultimate Fighter Brasil 2 (Foto de Luiz Pires Dias:Zuffa LLC:Zuffa LLC via Getty Images)

Viscardi Andrade entra na academia para a luta com Thiago Jambo. Foto: Luiz Pires Dias/ Zuffa LLC via Getty Images

Exibido pela Rede Globo no domingo, 7 de abril, o quarto episódio da segunda temporada do “The Ultimate Fighter Brasil” trouxe mais um classificado para as quartas de final e diversas mudanças no jogo.

Em revanche marcada pela “volta dos que não foram”, Viscardi Andrade derrotou o até então eliminado Thiago Jambo com um belo nocaute, classificando-se para as quartas de final a marcando a terceira vitória do Time Werdum, que abriu 3 a 0.

Eliminado pelo próprio Viscardi na primeira etapa, Jambo voltou como substituto de Neilson Gomes, que, com uma lesão no ligamento cruzado, precisou se retirar da competição.

Outro meio-médio que deu adeus prematuramente foi Yan Cabral, fera do Jiu-Jitsu invicta no MMA. Yan quebrou a mão durante a batalha de oitavas de final contra David Vieira e precisou deixar a casa, criando um emocionante momento entre os colegas. Após um derrame de lágrimas e abraços solidários, Dana White apareceu na casa por meio de videoconferência para anunciar seu substituto: Daniel “Gelo” que, assim como Jambo, havia sido cortado na etapa eliminatória.

A “pegadinha” do episódio ficou por conta do Time Werdum novamente. Ao se depararem com uma foto de Viscardi virada de cabeça pra baixo, decidiram arrancar a porta do vestiário do time oposto.

Despedida de Yan emociona casa

O terceiro episódio, exibido no dia 31 de março, havia terminado com ares de suspense. O carioca Yan Cabral, que havia finalizado David Vieira no mata-leão, machucou a mão durante a batalha. No vestiário, todos perceberam o inchaço na região, o que levantou preocupações gerais sobre a extensão da lesão. O capítulo terminou com uma dúvida: será que o problema teria sido grave o suficiente para impedi-lo de continuar na competição?

Um raio-x, contudo, confirmou o grande medo do lutador: havia uma fratura grave. Apesar da vontade de continuar treinando, Yan ouviu do técnico Fabrício Werdum o veredito final: teria que, por sua própria segurança, sair da casa. O momento foi de muita emoção. Apesar do pouco tempo de convívio, Yan já havia se tornado uma liderança entre os colegas recebendo o apelido de “Presidente” após liderar a infame “pegadinha dos colchões”. Leo Santos, que assim como Yan é membro da equipe Nova União, mostrou-se um dos mais emocionados.

No lugar de Yan, entrou um substituto polêmico: Daniel “Gelo”, que havia sido derrotado por Márcio “Pedra” nas etapas eliminatórias. “Acho que fui escolhido por ter o que o UFC pede, que é agressividade na hora de lutar”, comentou o lutador. A recepção dos colegas, contudo, foi menos que calorosa, e alguns questionaram os motivos pelos quais ele teria voltado. Patolino ainda comentou que ele não seria muito equilibrado e que o seu time teria problemas.

Com o poder de escolha, o Time Nogueira decidiu colocar Neilson Gomes de seu time para lutar contra Viscardi Andrade. No dia da pesagem, contudo, Gomes amanheceu com o joelho inchado e dolorido. Sem conseguir sequer andar, foi levado para o hospital, onde foi constatado o pior: havia lesionado o ligamento cruzado, que já havia operado anteriormente, e teria que sair da competição. Com a saída de Neilson, entrou um substituto: Thiago “Jambo” Gonçalves, derrotado por Viscardi na etapa eliminatória. O Time Nogueira optou por colocá-lo novamente contra Viscardi, em uma inesperada revanche. Visivelmente irritado com a escolha e com a troca de rivais, Viscardi não teve opção a não ser aceitar a revanche.

Viscardi Andrade (corner azul) x Thiago Jambo Gonçalves (corner vermelho) na luta preliminar do The Ultimate Fighter Brasil 2 Foto de Luiz Pires Dias:Zuffa LLC:Zuffa LLC via Getty Images

Viscardi Andrade contra Thiago Jambo. Foto: Luiz Pires Dias/ Zuffa LLC via Getty Images

Viscardi provoca Minotauro

Jambo começou a luta derrubando, mas Viscardi fez guarda, conseguindo retomar o combate de pé. Jambo mantinha a calma, controlando mais o centro do octógono, enquanto Viscardi circulava mais e pontuava com investidas pra frente. Após breve interrupção do árbitro, a luta foi retomada, e Viscardi não perdeu tempo: a 30 segundos do fim do round, encaixou uma sequência de golpes de mão que deixou o adversário atordoado. Um golpe final de direita selou o destino de Jambo, que caiu desorientado e forçou o árbitro a declarar o fim do embate. Vitória do paulista por nocaute técnico e mais um ponto para o time Werdum.

O triunfo, contudo, não foi só alegria. Após vencer, Viscardi se deixou levar pelo calor do momento e “dedicou” a vitória ao técnico do time oposto, Minotauro. O técnico, por sua vez, não gostou nada da atitude do lutador, e devolveu com xingamentos.

Após as devidas comemorações, uma pequena confusão se desenrolou na academia. Os membros dos times conversaram, contudo, e Viscardi e Werdum pediram desculpas ao técnico adversário, que também se desculpou por sua reação. “Estava com sentimento de estar sendo prejudicado pela situação”, desabafou Viscardi. “Tava engasgado”, completou. A “guerra” entre os times, contudo, promete ficar ainda mais acirrada no próximo episódio, domingo que vem, às 23h.

Ler matéria completa Read more
There are 23 comments for this article
  1. Flavia Canuto at 6:19 pm

    Esse Viscardi é um ridiculo, desrespeitar o Minotauro, quem esse mané pensa q é?!Isso não é atitude de um atleta, ele não merece estar no TUF.

    • Caio Souza at 6:52 pm

      Viscari perdeu duas vezes peso pra Luta, Minotauro não se importou com a situação, na primeira que houve entre os 2 , minotauro claramente mostrou torcer pro Jambo, além do que na escolha do time , decidiu não optar pelo Viscari devido ele ter ganho de seu aluno, Minotauro foi ridiculo em suas atitudes e desrespeito. Não estamos questionando o que o Minotauro fez pelo esporte , mas sim suas atitudes como treinador e mentor. Viscardi a pessoa mais humilde e humano que conheço, não julgue , mas se coloque no lugar dele!!

    • Dyego Páschoa at 7:47 pm

      Ñ é culpa do Minotauro se a luta teve que ser adiada.Se for por isso o werdum tbm casou uma luta com um atleta do team nogueira machucado, mas lesões e corte de peso fazem part da vida de qualquer lutador o cara tem que aceitar isso e ñ ficar chorando pq vai ter q passar p isso e lutar. Sim o Jambo é aluno do minota é claro q ele vai torcer p ele, seria muita hipocresia ñ o fazer. Minotauro fez muito pelo esporte durante toda sua carreira o ajudando a crescer e se popularizar, ajudand muits lutadores incluse o Anderson q teria se aposentado se ñ fosse o minota. Se ñ fosse p ele tvlz o UFC nem seria tão forte no Brasil cmo esta hj dando oportunidades p tants lutadores cmo o própio Viscari

    • Pedro Henrique Bertolucci at 12:33 pm

      o viscardi nao tem que falar nada pra ninguem, ele ta la pra lutar e pronto, perder peso e mandinga por parte dos treinadores faz parte, ali e uma comeptição e toddo mundo quer ganhar, tao sendo pago (e bem pagos) pra isso, viscardi errou

  2. Charles Vieira at 7:01 pm

    Está bom o programa, mas poderia melhorar, acho que a parte das brincadeiras está passando um pouco dos limites de ambas as partes, as duas equipes tem ótimos treinadores de JiuJitsu, poderia ter uma parte do programa dedicada a treinos e técnicas seja qual for, destinar o foco do programa para um lado mais profissional e técnico, acho que ia ficar melhor, é a minha opinião.

  3. Danilo Ribeiro at 5:28 pm

    Muita falação como se o Viscardi Andrade Guimaraes tivesse xingado ou desrespeitado o Minotauro, acho que as pessoas deviam agir com menos puxação de saco e olhar para os fatos. o Viscardi falou: é pra vc minotauro !
    Não xingou nem mandou tomar em lugar nenhum

    • Vitor Ferreira at 5:41 pm

      ninguém de fora conhece o Viscardi para julga-lo !! E nas redes sociais tão tudo falando que ele é playboy e mimimi… mas ninguém nunca participou de um programa desse e ninguem viveu ali pra ver como é a pressão de participa de um programa onde vc pode sair no ufc

    • Jefferson Sillvestre at 5:48 pm

      o que o povo esquece é que ali dentro nao é a lenda minotauro, campeao do pride e tal, e sim um tecnico do time adversario, facil ver de fora e achar que foi desrespeito, todos nos admiramos o minotauro por representar o brasil, masi la dentro sao adversarios, e de quem foi a falta de respeito?? i viscardi disse: essa é pra vc….. e em resposta o minotauro o xingou de muleke e de pdp. e ainda disse que se fosse do peso entraria la e bateria nele.. de quem foi a falta de respeito??? como o mma virou modinha, todos se acham entendedores do esporte, ninguem sabe o que é a pressao de estar la dentro, perder peso duas vezes, trocar de adversario… ter extrategia de luta, acham que é so entrar la e trocar porrada….ningeum nem ao menos sabe o card dos lutadores la de dentro, quem sao, o que fazem pelo esporte, entao vamos analizar e pesquizar antes de criticar…Viscardi foi guerreio no octonono, nao em apenas palavras e cara de mal!

    • Gabriel Silva at 8:23 pm

      sem falar que o tal thiago jambo tava todo marrentão e se ferrou kkkkk que do hora o Viscardi ter nocauteado ele háhá

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *