Instituto Reação comemora 10 anos no Polo Rocinha

Share it

Há dez anos nascia o Instituto Reação, uma ONG fundada pelo medalhista olímpico Flávio Canto com o objetivo de trabalhar a inclusão social e o desenvolvimento humano através do esporte e da educação. De lá para cá, o projeto foi se consolidando, transformando vidas e atualmente está dividido em cinco polos presentes em quatro comunidades do Rio de Janeiro: Rocinha, Cidade de Deus (2), Pequena Cruzada e Tubiancanga, atendendo cerca de mil crianças e jovens.

Na próxima quarta , dia 10 de abril, data da Fundação do Instituto, terá um evento na sede do Polo Rocinha às 17h com os alunos para a comemoração: homenagens, agradecimentos e um treino de integração entre os Polos Rocinha e Cidade de Deus estão previstos, além claro de um bolo de aniversário.

O evento será aberto a imprensa e terá a presença de alunos, pais, professores, colaboradores, volunrários.

Veja a programação: 

17:30h – Abertura da Cerimônia
17:40h: Discurso Presidente Flávio Canto
18h – Depoimentos de alguns alunos
18:30h – Resultado do concurso de frases/parágrafos sobre a Faixa Preta
18:40h – Apresentação do Alto Rendimento
19h – Parabéns e Bolo para todos!
19h15 – Treino da equipe Reação Olímpico

História do Instituto Reação: 

As origens do Instituto Reação estão em agosto de 2000, quando a organização, então chamada “EducaAção Criança Futuro”, foi criada pelo professor Pedro Gama Filho. O Projeto tinha filiais em 5 comunidades, uma delas a Rocinha, maior favela da América Latina.

Sabendo da vontade do medalhista olímpico Flávio Canto de dedicar parte de seu tempo em iniciativas sociais, Gama Filho o convidou para dar aulas de judô como voluntário. Canto começou então a ensinar o esporte para mais de 100 crianças.

Na época, o “EducaAção Criança Futuro” contava, principalmente, com o apoio da Prefeitura do Rio de Janeiro. No entanto, com a troca de mandatos após as eleições municipais, o contrato não foi renovado e o Projeto perdeu sua principal base de sustentação financeira. Mas, ao contrário de outras comunidades onde estava presente, a unidade da Rocinha, graças ao esforço de Canto, conseguiu sobreviver.

Para dar continuidade ao Projeto, o judoca percebeu que uma nova organização teria que ser montada. Depois de muita luta, finalmente, em abril de 2003, o Projeto ganhou grande impulso: era criado o Instituto Reação.

Reação hoje

Atualmente, o Instituto Reação atua em quatro comunidades de baixa renda do Rio de Janeiro (Rocinha, Cidade de Deus, Tubiacanga e Pequena Cruzada), atendendo cerca de mil crianças, adolescentes e jovens, entre 04 e 25 anos, o Instituto tem como objetivo principal promover o desenvolvimento humano e a inclusão social por meio do esporte (Judô) e da educação e transformar o conceito de responsabilidade social em ação na vida do maior número de pessoas, integrando diferentes classes sociais pelo esporte. A proposta é utilizar o esporte como instrumento de transformação social, auxiliando no desenvolvimento de competências sociais, pessoais, produtivas e cognitivas.

O Instituto Reação possui oito programas que possuem ações complementares:

Reação Escola de Judô – aulas de judô para crianças e adolescente entre 4 e 15 anos, com objetivo de promover a educação e o desenvolvimento humano por meio do esporte, o Judô, trabalhando seus valores e princípios.

Reação Educação – oficinas educacionais para crianças e adolescentes, de 4 á 15 anos, participantes do projeto Reação Escola de Judô, com objetivo de desenvolver habilidades sociais, pessoais, produtivas e cognitivas, por meio de projetos interdisciplinares, sobre temáticas atuais e que façam sentido para os alunos.

Reação Olímpico – treinamento esportivo de judô, direcionado à adolescentes e jovens a partir de 12 anos, com objetivo de desenvolver atletas de alto rendimento, para participarem de competições oficiais nacionais e internacionais.

Reação Saúde – trabalho de equipe multidisciplinar nas áreas de psicologia, nutrição e fisioterapia, principalmente para os atletas do programa Reação Olímpico.

Reação Bolsa de Estudo – Viabiliza o ingresso de alunos do Instituto em instituições particulares de ensino, do ensino fundamental, médio e superior, através de bolsas de estudo.

Reação no Mercado de Trabalho – tem como objetivo formar monitores e futuros professores de judô. É destinado aos alunos do Instituto que cursam Educação Física e auxiliam , como monitores, os professores de judô do programa

Reação Escola de Judô – Quando formados, buscamos indicá- los para outras instituições que trabalham com essa modalidade.

Reação Cultural – tem como objetivo ampliar o repertório cultural dos alunos do instituto, além de proporcionar à eles a circulação e apropriação dos espaços culturais da cidade onde moram.

Reação Voluntário – tem como objetivo dar uma oportunidade para aquelas pessoas que possuem alguma expertise específica e querem doar parte do seu tempo para colaborar com o Instituto Reação.

As experiências vivenciadas ao longo dos anos no Instituto nos dão a certeza de que a mudança será tão maior quanto o número de indivíduos que estão dispostos a agir, ou melhor, reagir. Nossa meta é transformar o maior número de vidas através das oportunidades criadas pelo binômio esporte e educação, tornando o Reação uma instituição de referência na redução de desigualdade social.

Mais informações:
www.institutoreacao.org.br

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *