Lutas rápidas e fratura grave marcam a 24° edição do WOCS

Share it

O final de semana foi agitado para os amantes do MMA e  da  arte suave. Tivemos o Pan de Jiu-Jitsu e, mesmo sem UFC, o fã de MMA pode acompanhar a segunda edição do WSOF e o evento brazuca WOCS.

O WOCS 24 foi realizado pela primeira vez na cidade de Montes Claros, em Minas Gerais, e teve dez grandes lutas. Apenas três delas não terminaram no primeiro round. Foram shows de nocautes e finalizações.

Acompanhe os destaques da noite:

Gustavo Coelho fratura osso da perna esquerda

O atleta Gustavo Coelho, da Belfort Team, enfrentou Magno Magú, da Nova União Campos, na categoria até 66kg. Os dois começaram se estudando, medindo a distância e Gustavo aplicando mais chutes. Faltando pouco menos de dois minutos para o final do primeiro round, Coelho soltou um chute baixo em Magú e acabou quebrando um osso da canela esquerda. A cena foi forte e deixou todos assustados, inclusive o adversário de Gustavo, que ficou nitidamente preocupado. A cena é forte, mas você pode conferir clicando aqui.

Joaquim Mamute estreia nos meio-pesados mostrando Jiu-Jitsu afiado e vence Adriano Cordeiro

Mamute é velho conhecido do público de MMA, que vive relembrando o fato do atleta já ter vencido a estrela do UFC Júnior Cigano, por finalização.

O lutador, de 36 anos, treina boxe com Rubens Dórea em Belo Horizonte e tem afiado também o seu chão com Marcelo Uirapuru e Vinicius Draculino, na Gracie Barra. No combate contra Adriano Cordeiro, Mamute provou que está se empenhando, e venceu o adversário com um estrangulamento norte-sul, logo no primeiro round.

Confira abaixo as imagens de Mamute apertando o pescoço de Adriano Cordeiro e os resultados do WOCS 24.

http://www.youtube.com/watch?v=f4LB2AkVpQE

 

WOCS 24
Ginásio Poliesportivo Tancredo Neves, Montes Claros, Minas Gerais
Sábado, 23 de março de 2013

Joaquim “Mamute” finalizou Adriano Cordeiro no norte-sul a 1min36s do R1

André Muniz nocauteou Daniel Oliveira aos 2min55s do R1

Magno Magú venceu Gustavo Coelho por nocaute técnico (fratura na perna esquerda) a 3min9s do R1

David da Silva finalizou Fabio “Larvinha” Oliveira na chave de joelho reta aos 2min2s do R1

Edvaldo “Gameth” de Oliveira finalizou Eder Bambú na chave de calcanhar aos 2min25s  do R1

Oseas Viana venceu Niquison de Souza na decisão unânime dos jurados

Alessandro Gambulino venceu William da Silva na decisão unânime dos jurados

Gabriel “D2″ Ramos finalizou Lauro Mendes no mata-leão aos 2min2s do R1

Danielson “Dani Metralha”nocauteou Ricardo Cadinho aos 4min37s do R1

Leonardo Almeida venceu Lucas Shultz por nocaute técnico (desistência)  aos 5min R2

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *