Pan 2013: veja as finais do masculino faixa-preta

Share it

Rafael Mendes ataca o braço de Renato Lima. Foto: Ivan Trindade/GracieMag

No Pan de Irvine, as finais da faixa-preta adulto começaram a ser definidas na tarde deste domingo, manhã na Califa.

Confira quem vai lutar pelo ouro logo mais, no Pan de Jiu-Jitsu 2013!

Galo

Final: Bruno Malfacine vs Caio Terra

Bruno Malfacine fez duas lutas para chegar a final. Na primeira finalizou Takahito Yoshioka no armlock, e depois passou por Felipe Costa. Do outro lado, seu velho e conhecido Caio Terra passou por William Earl e Fabbio Passos.

Pluma

Final: Gui Mendes vs Laércio Fernandes

Laércio, faixa-preta da Lotus Club que vem treinando com Cobrinha, teve duas batalhas para chegar até a final: venceu Paulo Fernando e depois na semifinal passou por Gustavo Carpio. Gui Mendes finalizou Francielio Fernandes na chave de braço do triângulo e passou pelo novato faixa-preta Thomas Lisboa por pontos, apesar de blitz frenética nas costas.

Pena

Final: Rubens Cobrinha vs Rafael Mendes

Rubens Charles, o Cobrinha, passou por Jordan Collins (omoplata), estrangulou Samir Chantre e venceu Augusto Tanquinho nas raspagens da 50-50 para se garantir na final. Já Rafa Mendes pegou o braço de Renato Lima e eliminou o cascudo bicampeão mundial Mario Reis.

Leve

Final: Lucas Lepri vs Michael Langhi

Lucas venceu Caio Almeida em seu primeiro compromisso. Depois passou por Marcel Goulart e pegou as costas de Vinicius Marinho para chegar à final. Na outra chave, seu companheiro de equipe Michael Langhi despachou Yoshinobu Kakizawa, Rafael Oliveira  e depois venceu Jonathan Torres em luta parelha, após raspar.

Médio

Final: Clark Gracie vs Marcelo Lapela

A guerra no peso médio pegou fogo, graças à presença dos campeões mundiais Otavio Sousa e Leandro Lo, e do campeão do Pan Kayron Gracie. Mas os favoritos foram ficando pelo caminho e viram novos craques brilharem. De um lado, Marcelo “Lapela” Mafra (CheckMat) despachou Kayron Gracie e Vitor Henrique – que surpreendera Leandro Lo mais cedo.

Do outro, Clark Gracie também fez um campeonato impecável, usando sua guarda para raspar e eliminar Otavio Sousa, nas quartas, e DJ Jackson, na semifinal. As duas lutas foram apertadas no placar.

André Galvão nas costas de Tarsis. Foto:GRACIEMAG

Meio-pesado

Final: André Galvão vs Guto Campos

No meio-pesado, o finalista do absoluto André Galvão espantou os perigos pelo caminho com autoridade. Finalizou Renato Cardoso nas quartas, e na semi partiu para dentro de Tarsis Humphreys, atacando as costas e no fim arrochando a chave americana.

Do outro lado, Guto Campos venceu Alberto Ramos e fez luta sem brilho contra Diogo Araújo, quando venceu por duas vantagens. O lutador da Guetho parecia estar salvando energias. Contra Rominho Barral, começou devagar, até que num movimento acrobático saiu debaixo do lutador da GB e foi cair do lado. A partir daí, se encheu de confiança e não deixou Barral chegar mais. Passou de novo a guarda, pôs o joelho na barriga, tentou atacar o braço e venceu por oito pontos de diferença. No finzinho Barral partiu para estrangular da meia-guarda, mas não era o seu dia.

Pesadíssimo

Final: Marcus Buchecha vs Alexander Trans

 

Fique de olho em GracieMag para saber mais sobre o Pan 2013.

 

Ler matéria completa Read more
There are 20 comments for this article
  1. Fernando Edde at 2:24 pm

    Q pela saco esse repórter hein! Se a luta não foi das mais emocionantes, ok, mas queria saber como é possível alguém se poupar enfrentando o atual vice campeão mundial!!!! Realmente uma falta de respeito!! Mto infeliz o comentário….

  2. Fernando Edde at 2:30 pm

    Q pela saco esse repórter! Se a luta não foi das mais emocionantes, blz, mas queria saber como é possível alguém se poupar enfrentando o atual vice campeão mundial!!!! Realmente uma falta de respeito!! Mto infeliz o comentário hein, GracieBarraMag….

  3. Bruno Tanque Mendes at 2:44 pm

    Fala Galera da graciemag, não sei quem escreveu esta matéria, mas precisa ter mais cuidado como escreve e o que escreve. Sou professor do atleta Diogo Araujo, e da forma que a luta foi descrita, parace que a pessoa que escreveu não entende nada de JJ. Isso para uma revista que tem o JJ como pilar é algo mto ruim. Diogo e Guto já se enfrentaram duas vezes, em ambas, Guto ganhou em vantagens. Deve ter um porque isso, concordam? Mas o redator do texto entende isso? Diogo é o atual vice campeão mundial, só perdeu para o Barral, que foi vencido tb por Guto. Ou seja, Diogo, não é qq um. Se o Guto estava poupando forças, pq não finalizaria em segundos (que nem fez na primeira luta) ao contrario de ficar lutando 10 minutos, ganhando nas vantagens, podendo ser surprendido por um ponto no final da luta? Por favor, se matricule em uma academia, qq uma, não precisa ser uma conhecida. VAI ESTUDAR JIU JITSU.

    • Flavio Nobre at 3:21 pm

      Este tipo de irresponsabilidade ímpar que impera nos meios de "comunicação" é o que me leva a crer que a liberdade de imprensa deveria ter mais…Limites. Antes de qualquer coisa, mesmo não sendo um profissional da área (Jiu-Jitsu), o "reporter" deve ter RESPEITO pelo atleta que esta dentro do tatame dando o seu sangue pela escola apresentando um otimo espetáculo para quem esta vendo.Estou com você meu irmão, acredito que o cara para comentar sobre luta deve ter antes de tudo o conhecimento necessário, para que não aconteça daqui a pouco (como já li) de algum "jornalista" atribuir a evolução do jiu jitsu ao… Estados Unidos… Lamentável. Aproveito para te dar os parabéns pelo trabalho responsável, técnico e fantástico que você faz com a sua equipe. Oss

  4. Elcio Santos at 5:02 pm

    Pelo teor do que foi publicado, parece até que é algo pessoal com o Diogo Araujo! Total desmerecimento, nem com o atleta, mas sim com a pessoa. Isso só vem a corroborar a falta de ética que deveria nortear quem elabora esse tipo de matéria e a publica.

  5. Thiago Niemeyer at 1:28 am

    Absurdo insinuar que o Guto Campos se poupou contra o Diogo Araujo. Isso é falta de respeito. Diogo Araujo é preta top, já ganhou de vários tops da preta na categoria, cheio de títulos da CBJJ/IBJJF. Conheço desde a roxa, e sempre amassou todo mundo, tanto em treinos quanto campeonatos. Mérito do Guto Campos por ter ganho a luta, mas quem entrar numa de "se poupar" com o Moreno certamente vai tomar amasso, seja quem for. Matéria terrível.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *