Pan 2013: Gabi Garcia bota pressão na guarda de Bia Mesquita e vence absoluto

Share it
Gabi Garcia durante o absoluto no Mundial 2012

Gabi Garcia venceu o absoluto no Pan 2013. Foto: GRACIEMAG

O Pan 2013 da IBJJF ainda esquenta Irvine, mas no feminino o melhor já ocorreu.

Na faixa-preta, a estrela da Alliance Gabi Garcia manteve sem sustos seu trono de rainha absoluta. A aluna de Fabio Gurgel venceu a levinha Beatriz Mesquita (Gracie Humaitá) com uma passagem de guarda, por 3 a 0.

Bia repôs a guarda e ficou trabalhando na aberta, enquanto Gabi tentava a passagem. No fim, o placar ficou inalterado.

No peso leve, as feras da Gracie Humaitá Beatriz Mesquita e Carol Vidal fecharam.

A primeira luta que levantou o ginásio foi a do peso-pena, entre Luiza Monteiro (Cícero Costha) e Mackenzie Dern (Gracie Humaitá). Após um tempo de combate estático na guarda 50/50, o bicho pegou. Luiza tentou atacar Mackenzie, caiu por baixo e conseguiu raspar a filha de Megaton no último minuto. Luiza venceu por 6 a 4.

No peso médio, Vanessa Oliveira (GFTeam) raspou Thaysa Ramos (Avengers) em luta duríssima, 2 a 0.

No meio-pesado, Talita Treta deixou a derrota no absoluto de lado e se deu bem. A faixa-preta da escola Ryan Gracie despachou a dura Luzia Carmem (Gracie Barra) após raspar e pegar as costas.

No pesado, Gabi Garcia coletou outro ouro, ao fechar com a colega de equipe Andressa Correa.

Para acompanhar tudo em tempo real fique de olho no nosso Twitter e no Google +.

Ler matéria completa Read more
There are 11 comments for this article
  1. Marcelo Machado at 12:07 am

    É uma pena q exista uma gabi garcia numa geracao tao maravilhosa de meninas muito tecnicas, mas q nao tem como lutar com uma lutadora tao pesada e tao forte como a gabi garcia. Se ela tivesse o peso da mackenzie, da bia mesquita, luiza monteiro e etc ela estaria nas finais ?

    • Eduardo Botelho at 1:10 am

      Falou tudo Marcelo, a Gabi Garcia é de outra categoria, ela é pesado, adulto, ou absoluto,porém categoria: masculino! não dá para medir força com ela, as meninas são muito mais leves e têm um jiu jitsu um milhão de vezes mais técnico e bonito de se ver que o dela, porém, alguns insistem em vangloriar esse tipo de "vitória" no JJ, mas o antidoping está na fase inicial, já, já veremos os resultados, se a CBJJ levar a sério esse avanço no JJ moderno! mil vezes mais ver uma final com a makenzie, Kyra e cia… esse sim é o JJ que todos gostam de assistir, lançamento e arrmesso de adversário é outro esporte Gabi!

  2. Nayara Gardinal William Cassiano at 3:03 pm

    "a força bruta só não funciona, quando é pouca "
    pooxaa desmercer a vitória da gabi…usando o peso e a força dela ? ela treina como qqr outra…encarar o absoluto é bota na reta sabendo dos riscos … alguem aí poderia me indicar algum preta masculino …leve..pena…galo….médio…que tem chego as finas do absoluto ?

  3. DiPipe Luciano Júnior at 6:35 pm

    Falta tecnica e confiança pras demais.
    Se o menor pode ganhar do maior, se terere, marcelinho Garcia, Cobrinha já venceram sendo leves, qualquer menina pode, elas só precisam acreditar que a Gabi usa a técnica pro corpo dela, e elas tem que usar a tecnica pra investir no ônus do tamanho dela.
    Se acha que o tamanho faz tanta diferença, se acha que nunca vai ter tecnica pra superar isso, deixa esse esporte e vai pro futebol americano.
    Mackenzie está só começando na preta, um dia ela chega lá, é duríssima.

  4. Raphael Florencio at 1:37 pm

    Não vejo o peso da Gabi como uma vantagem, já que vi o Fernando Tererê lutar um mundial da CBJJ de pesadíssimo, quando ele competia normalmente de leve. Ele só foi parado na final, pelo Fabrício Werdun. Ela tem uma estrutura grande, não há como mudar isso; e treina muito, então não podemos tirar o mérito dela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *