UFC confirma 3 lutadores pegos no doping; Lavar e Fukuda são demitidos

Share it
Lavar se recupera e luta no UFC 157 (Foto: Josh Hedges / Zuffa LLC via Getty Images)

Lavar se complica e é demitido após sofrer uma derrota para  Schaub e ser pego no exame antidoping.      Foto: Josh Hedges / Zuffa LLC via Getty Images

Nesta semana, a Comissão Atlética da Califórnia informou que o peso pesado Lavar Johnson foi reprovado no exame antidoping realizado após o UFC 157, em fevereiro. Altos níveis de testosterona foram revelados na amostra de urina do atleta. Um novo teste foi feito, e novamente a irregularidade foi apontada. Johnson ficou em uma situação complicada dentro do Ultimate, já que foi finalizado por Stefan Struve em maio de 2012, depois lesionou a virilha e com isso saiu do UFC on Fox 5 em dezembro, e acabou de perder por pontos para Brendan Schaub.

A soma de todos estes problemas e o repúdio de Dana White à TRT (reposição de testosterona) levaram a organização a cortar Lavar Johnson de seu plantel de lutadores.

Outros dois atletas flagrados foram Riki Fukuda e Alex Caceres, ambos testados após o UFC Japão, no começo de março.

Caceres foi pego pelo uso de maconha e além de ter sua vitória sobre Kyung Ho Kang transformada em no contest, está suspenso por seis meses. O peso-galo ainda terá de passar por um programa de reabilitação e ser testado novamente ao fim do processo.

Já Riki Fukuda não teve a mesma sorte. Após a derrota para Brad Tavares e o resultado dos seus exames apontarem o uso de estimulantes (norpseudoefedrina, fenilpropanolamina e efedrina) o peso médio também foi demitido do Ultimate.

 

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *