Bruno Malfacine comenta recuperação do ombro e se diz pronto para o Pan 2013

Share it

Bruno Malfacine na guarda de Caio Terra, no Mundial 2012. Foto: GRACIEMAG

Pentacampeão mundial de Jiu-Jitsu, Bruno Malfacine cravou seu nome no topo do peso-galo no esporte. Conhecido como “Bad Boy” mas sempre bem-humorado, o faixa-preta da Alliance está afastado das competições desde o último Mundial, em junho. Mas ele não se vê fora de ritmo para o Pan 2013, que começa nesta quarta-feira, dia 20 de março; pelo contrário.

“Estou me sentindo bem e pronto para a batalha. Ano passado tive de ficar afastado alguns meses devido a uma cirurgia que fiz no meu ombro logo após o Mundial. Estou muito motivado para voltar depois de tanto tempo, afinal isso é o que eu mais amo fazer, estou feliz e agradecido”, disse o carioca, em papo com o GracieMag.com.

“Esta última semana é hora de ajustar os últimos detalhes e bater o peso. Assim como no ano passado, eu me preparei na minha academia em Orlando, Flórida. Tenho me dedicado aos meus alunos e eles retribuem com treinos de qualidade, sempre me ajudando muito. Conto também com a ajuda do meu preparador físico Hank Porcher, foi ele quem me deixou em forma no ano passado e estamos dando continuidade ao trabalho para chegar ao Mundial no gás. Tenho certeza de que chegarei bem com a ajuda de todas essas pessoas que tenho ao meu lado”, completou Malfa.

Pedimos alguma dica para o praticante que sonha em ser pentacampeão mundial na faixa-preta um dia. Bruno reflete, mas não vê muito segredo:

“Acho que sou dedicado, procuro treinar o máximo que posso e dar meu melhor todos os dias. Sempre digo que a competição começa muitos meses antes do Dia D. Eu vivo em uma luta diária comigo mesmo, até chegar o grande dia. É como se cada dia que eu sofresse nos treinos (com a dieta ou mesmo com noites mal dormidas devido a dores no corpo) me deixassem mais próximo da minha meta, do ouro. Acredite, não tem sensação melhor que essa”, analisou o faixa-preta da Alliance. “Outra coisa é reconhecer seus defeitos. Eu tenho vários defeitos, um deles técnico. Talvez eu não consiga solucionar essa falha, mas morrerei tentando. Trabalhe você também em cima de suas deficiências”.

Para ver as chaves do Pan 2013, clique aqui.

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *