Campeão José Aldo quer lutar com Anthony Pettis em Manaus

Share it
Arthur Virgílio ao lado de Aldo e dos secretários da cidade. Foto: Divulgação

Arthur Virgílio ao lado de Aldo e dos secretários da cidade. Foto: Divulgação

O Shooto Brasil, um dos eventos mais tradicionais de MMA nacional, vai estar em Manaus no mês de junho e irá reunir os principais nomes da luta amazonense em cima do ringue. A confirmação e anúncio do evento foi feito na tarde dessa segunda-feira, dia 11 de março, pelo prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto,  Fabrício Lima (Semdej), Alessandra Campelo (Sejel), e pelo campeão peso pena do UFC, José Aldo.

“Manaus é um celeiro de lutadores e nós queremos apresentar os atletas amazonenses para o mundo. Por isso, estamos investindo e trazendo junto com o respaldo do mestre Oswaldo Alves e do Secretário Fabrício Lima o Shooto Brasil, apadrinhado por José Aldo que nós temos muito orgulho. Além disso, cogitamos depois deste evento trazer uma edição do UFC para a capital, onde no card principal estaria o Aldo. Esta é uma vontade minha que compartilho com o governador Omar Aziz e não vamos medir esforços”, disse o prefeito faixa-coral de Jiu-Jitsu ao cogitar a possibilidade da luta entre José Aldo e Anthony Pettis, no dia 3 de agosto, ser realizada na cidade.

Tendo o Shooto Brasil como um dos eventos que o lançou no “mercado de lutas”, José Aldo comemorou a edição do evento em Manaus:

“Estou muito feliz do Shooto vir para cá. Esta competição foi uma das que me projetou em 2004 quando ganhei duas edições, sendo uma por finalização e outra por nocaute. E espero com este evento em Manaus poder chamar atenção do Dana White e realizar um sonho meu, que é vir lutar o UFC 163, em agosto, na minha terra”, disse Aldo que, na mesma noite, ministrou um aulão de Jiu-Jitsu que arrecadou mais de 300kg de alimentos para serem distribuídos à famílias carentes da região.

Campeão José Aldo depois do aulão de Jiu-Jitsu em Manaus. Foto: Divulgação

Campeão José Aldo depois do aulão de Jiu-Jitsu em Manaus. Foto: Divulgação

Para o Shooto Brasil, o secretário municipal de esportes, Fabrício Lima, afirmou que três lugares estão sendo estudados para receber o evento: Centro Cultural Povos da Amazônia (CCPA), Sambódromo e Pavilhão do Shopping Studio 5. Além disso, o titular garantiu que a luta principal do Shooto Brasil, em junho, será do amazonense Ronnys Torres, de Manacapuru, contra um lutador de outro estado brasileiro.

“Nossa ideia é projetar os atletas daqui com lutas casadas com atletas de fora. Nós temos gabarito para isso, e o Ronnys Torres já garantiu presença na luta principal. Ele é muito querido no meio e tem uma legião de fãs em Manaus. E quem sabe, vencendo esta edição do Shooto Brasil, o Ronnys ingressa no UFC?”, cogitou Fabrício Lima.

E aí, caro leitor, você acha que José Aldo deveria lutar em casa contra Pettis? Comente conosco!

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *