Davi Ramos e a próxima luta de MMA: “Não mudei meu jogo em nada”

Share it
Davi Ramos com os mestres Ramos Lemos e Casquinha

Davi Ramos com seus professores Ramon Lemos e Casquinha. Foto: Arquivo Pessoal

Dia 13 de abril, Davi Ramos entra em ação no MMA pela segunda vez, pelo evento Max Sports, contra o adversário Rubens Castro. A luta será no ginásio do Corinthians, em São Paulo. O faixa-preta do professor Casquinha fez toda sua preparação no CT do Corinthians, ao lado do treinador Ramos Lemos.

Em papo com o GracieMag.com, Davi comentou os treinos, sobre confiança e o que aprendeu na transição para o MMA. Confira.

GracieMag: Como está sua preparação para sua segunda luta de MMA na carreira, Davi?

DAVI RAMOS: Os treinos estão indo muito bem, o Ramon (Lemos) é um excelente professor. Não é à toa que os melhores do MMA mundial estão com ele, como Anderson Silva e Junior Cigano. Estou afiando a minha parte em pé desde outubro e venho melhorando a cada dia, graças ao professor Washington Silva. Ele já lutou boxe em duas Olimpíadas, e tem muito a ensinar.

Com quem você tem treinado no Corinthians?

Na parte em pé quem vem me ajudando são os lutadores de muay thai Alex Canguru, Dedé e o Misael Silva, caras com uma boa experiência no MMA. Eles estão sendo essenciais. Estou me sentindo mais bem preparado a cada treino.

O que você prepara para o combate contra o Rubens Castro?

Meu adversário também vem do Jiu-Jitsu, porém sei pouco sobre ele. Hoje em dia, para lutar MMA profissional não dá para ser bobo em modalidade alguma, tem de estar preparado para tudo. O pessoal pode esperar o de sempre, não mudei meu jogo em nada. Sou um lutador que luto para frente em qualquer modalidade, então podem esperar um bom show do Davi Ramos. Estou me sentindo bem para manter a luta em pé, espero estar preparado logo para trocar com qualquer um nessa categoria.

O que você aprendeu nessa transição do pano para as luvas?

É tudo diferente. Aprendi que é necessário o atleta ser completo, e o treino é dureza. Em compensação, no Jiu-Jitsu lutamos com cinco tipos de atletas distintos. Já no MMA, a estratégia é para uma pessoa só. O lance é estar preparado em todos os sentidos, pois o oponente vai vir pronto para te atacar de tudo que é lado.

Tem treinado de kimono?

Sim, o treino de kimono é obrigatório aqui na Atos/Corinthians, todo dia tem. Quando a luta se aproxima vamos tirando o pano para dar mais ajuste em outros aspectos. O Ary Farias, Denílson Bischiliari e o Ronaldo Candido estão me ajudando a afiar o chão para esta luta.

Depois de abril, qual é o próximo passo?

Após este evento, eu me junto com toda equipe Atos, em San Diego, junto com André Galvão. Teremos lá nosso camp para o Mundial, na Califórnia, no fim de maio. Nos últimos anos eu estava bem lesionado, não estava 100%, mas aqui no Corinthians estou usando toda estrutura do clube e vou chegar muito bem neste Mundial! Agradeço aos leitores e à equipe GracieMag, espero que curtam esta posição que mandei!

Ler matéria completa Read more
There are 4 comments for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *