Michael Langhi: “É muito bom estar de volta ao Pan”

Share it
Michael Langhi passou a guarda de Vinicius Marinho na final do leve, no Europeu 2013. Foto: Ivan Trindade/GRACIEMAG

Michael Langhi em ação contra Vinicius Marinho, no Europeu 2013. Foto: Ivan Trindade/GRACIEMAG

A Alliance terá em 2013 um reforço de respeito na sua campanha por mais um título por equipes no Pan de Jiu-Jitsu. Depois de ficar afastado no ano passado por problemas com o visto para os EUA, Michael Langhi estará de volta para buscar o ouro entre os pesos leves. Campeão em 2010, vice em 2011 (fechando com o parceiro Lucas Lepri) e bronze em 2008, Langhi está ansioso para voltar a lutar no ginásio da UCI, em Irvine. Aliviado com a obtenção do visto de entrada nos EUA na última segunda-feira, o paulista de São Carlos concedeu entrevista exclusiva para o GRACIEMAG.com. Na conversa, ele falou de como anda a preparação, se algo mudou no seu jogo desde a última vez que o vimos em ação em solo americano, elogiou a novidade do exame anti-doping e garantiu que está preparado para a usual dureza que é o peso leve nos grandes campeonatos.

GRACIEMAG.com: Você ficou um tempo afastado de competições nos EUA por problemas no visto, agora resolvidos. O que aconteceu e qual foi a sensação de receber uma resposta positiva essa semana e saber que vai poder competir no Pan 2013?

Michael Langhi: Eu tive um problema com meu visto em 2011 por conta de um mal entendido, mas graças a Deus expliquei tudo e o problema foi solucionado. Estou feliz em voltar ao cenário mundial do Jiu-Jitsu. Essa foi uma motivação ainda maior pra eu treinar ainda mais.

Como está a preparação para o Pan? Em que o Michael Langhi de 2013 é diferente do lutador que conhecemos?

Langhi: A preparação esta ótima, estou muito ansioso, em competir nos EUA novamente e rever alguns amigos. Quero muito também treinar com meu professor Rubens Cobrinha. Ë com ele que vou terminar meu camping. Não tem nada de diferente em relação ao Langhi de antes, pois sempre fui muito profissional e me preparei da melhor forma possível. Estou fazendo isso novamente e o que muda são alguns detalhes técnicos que vamos evoluindo no dia a dia na academia. Além disso, tenho agora essa motivação extra de estar de volta ao Pan.

A IBJJF inseriu o exame antidoping no Pan e deve seguir fazendo em outros eventos grandes. O que você acha da medida e que cuidados extras você passou a tomar para não ser surpreendido com um resultado positivo?

Langhi: Foi uma boa iniciativa. É bom para profissionalizar o esporte. O cuidado que estou tomando é treinar, treinar e treinar. Nenhuma substancia substitui o trabalho duro.

O peso leve, em que você está inscrito no Pan, traz alguns nomes novos, como Tanner Rice e Oliver Guedes, além de velhos conhecidos seus, como o JT Torres, Tanquinho, etc. Que avaliação você faz da categoria?

Langhi: O peso leve sempre é muito competitivo e por isso gosto de lutar nesse peso. Espero um campeonato muito duro e com certeza estou de olho em todo mundo. É sempre bom você ter adversários duros, pois você se dedica ainda mais nos treinos. Espero poder fazer um bom campeonato.

Ainda não se inscreveu no Pan 2013, clique aqui e faça isso agora!

Ler matéria completa Read more
There are 2 comments for this article
  1. Romero Jacare Cavalcanti at 2:46 am

    Muito bom ter o Langhi de volta competindo aqui nos Estados Unidos e um belo reforco pra nossa equipe que com certeza fara uma belissima apresentacao no Pan, e para isso que trabalhamos duro o ano todo para sempre deixar a nossa marca em todas as competicoes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *