O que Rafael Formiga aprendeu ao batucar para DJ Jackson no Boston Open?

Share it

Rafael Formiga em ação no Boston Open 2013. Foto: IBJJF/Divulgação.

Rafael Barbosa, o Formiga da Soul Fighters, até esse domingo era o rei de Boston. O faixa-preta carioca havia vencido o absoluto nas duas primeiras edições do Boston Open, em 2011 e 2012, mas este ano ele esbarrou em DJ Jackson. Mas, nesse evento de inverno da IBJJF, ele não perdeu, aprendeu:

“Tirei uma boa lição em Boston. Eu não posso mais, em hipótese alguma, deixar o DJ por a cabeça no meu queixo, quando ele estiver por cima tentando passar minha meia-guarda”, sorriu o campeão dos médios, em papo com o GRACIEMAG.com.

“No fim, foi positivo. Venci no peso finalizando, e na final no absoluto fiz uma luta muito dura, contra um adversário de altíssimo nível e que tinha acabado de ser campeão meio-pesado. Mesmo assim mantive meu jogo aberto e para frente, tentando minhas posições”, completou Formiga. (Veja como foi a luta, abaixo:)

Após vencer a categoria dos médios, o professor radicado nos EUA agradeceu pelos treinos com os companheiros da Soul Fighters, em temporada em janeiro no Rio: “Agora a meta é fazer bonito no Pan. Vou me preparar com vários amigos, na academia do Caio Terra em San José”.

Formiga aproveitou e elogiou as novidades no Pan 2013:

“Achei a ideia do teste antidoping a melhor coisa que a IBJJF já fez pelo nosso esporte. Agora veremos lutas muito mais justas, onde vai prevalecer a técnica e não a massa muscular de cada atleta”, concluiu.

Ler matéria completa Read more
There are 8 comments for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *