Lyoto Machida após luta com Dan Henderson: “A cabeça dele é dura”

Share it
Lyoto aplica um chute alto em Dan Henderson e leva a vitória na decisão dos jurados. Foto: UFC/Divulgação

Lyoto solta o chute alto em Dan Henderson, durante a vitória por decisão dividida dos jurados. Foto: UFC/Divulgação

Antes da vitória de Ronda Rousey em cima da fuzileira casca-grossa Liz Carmouche, o UFC 157 em Anaheim trouxe uma luta decisiva para os rumos da categoria até 93kg.

Quem vencesse, segundo Dana White, passaria a ser o desafiante número um do cinturão, hoje com Jon Jones. Promessa cumprida, e o ex-campeão Lyoto Machida venceu Dan Henderson em luta estudada mas ferrenha. Após superar o americano na decisão dividida, Machida disse que desceu do octagon cheio de marcas.

“Rapaz, o cara é duro, viu? A cabeça dele é dura. Minha mão está doendo, meu joelho está doendo, minha perna está doendo. Bati e esse cara não caiu. Foi difícil”, disse Lyoto, em entrevista ao “Pânico na TV”, exibido nesse domingo, na Band.

Com a vitória, Lyoto aguarda a data para lutar pelo cinturão dos meio-pesados. O título, atualmente com Jon Jones, já tem desafiante agendado: Chael Sonnen, em abril. Com a possibilidade , por mais que remota, de enfrentar o azarão Sonnen, Lyoto não pensou duas vezes: “Qualquer um para mim está bom”.

UFC 157

Anaheim, Califórnia, EUA

23 de fevereiro de 2013

Ronda Rousey finalizou Liz Carmouche na chave de braço aos 4min49s do R1

Lyoto Machida venceu Dan Henderson na decisão dividida dos jurados

Urijah Faber finalizou Ivan Menjivar no mata-leão em pé aos 4min34s do R1

Court McGee venceu Josh Neer por decisão unânime

Robbie Lawler venceu Josh Koscheck por nocaute técnico (socos) a 3min57s do R1

Brendan Schaub venceu Lavar Johnson na decisão unânime dos jurados

Michael Chiesa finalizou Anton Kuivanen no mata-leão aos 2min29s do R2

Dennis Bermudez venceu Matt Grice na decisão dividida

Sam Stout venceu Caros Fodor na decisão dividida

Kenny Robertson finalizou Brock Jardine na chave de virilha com gancho nas costas aos 2min57s do R1

Neil Magny venceu Jon Manley por decisão unânime

Nah-Shon Burrell venceu Yuri Villefort por decisão unânime

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *