Use o armdrag para derrubar com ou sem kimono, como ensina Brandon Mullins

Share it

André Galvão e Pablo Popovitch usando o armdrag, no ADCC 2011. Foto: Daren Bartlett/GRACIEMAG

Para ser um atleta imprevisível no Jiu-Jitsu, um dos primeiros passos é saber lutar bem em pé, para poder escolher se puxa para a guarda ou derruba, abrindo assim já 2 a 0 no placar.

Uma das manobras úteis para você evoluir nesse aspecto é o popular armdrag, técnica do wrestling que o Jiu-Jitsu abraçou com carinho, nas últimas décadas.

O princípio é simples. Ao trocar pegadas com o adversário, com ou sem kimono, procure dominar o pulso dele, e com a outra mão agarrar o cotovelo para abrir caminho rumo às costas e começar a tortura.

O problema da técnica é que muita gente já está ligada, e o oponente procura matar na raiz esta ida para as costas. O que fazer? O campeão de Jiu-Jitsu Brandon Mullins estudou o problema e oferece uma alternativa.

Para o popular “Wolverine”, uma boa armadilha é ajoelhar e passar a perna para derrubar, como ele ensina no vídeo a seguir.

A 1min02s, o professor da GB mostra como estourar a pegada da lapela para preparar o armdrag e derrubar o oponente. Note como ele faz a pegada bem firme no pulso.

A 1min17s, ele ensina você a se posicionar para catar o cotovelo do adversário. Repare na base aberta que o professor da GB faz.

A 1min30s, ele demostra a entrada de queda para derrubar de vez o oponente. Brandon chama atenção para você posicionar a perna direita por trás da esquerda. Ao jogar o peso do peito no joelho do adversário, você causa enfim o desequílibrio.

Com o adversário caído, Brandon Mullins pesa o quadril para que o adversário não reponha a guarda. Repare que o braço esquerdo dele continua por baixo da axila evitando que o adversário entre na meia-guarda.

Uma última dica: sempre lembre-se de colar a cabeça no chão para evitar qualquer tentativa de finalização.

Curtiu a posição? Comente com a gente!

Ler matéria completa Read more
There are 3 comments for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *