Ulpiano Malachias comemora ouro em Houston e o tetra da Gracie Barra

Share it
Ulpiano Malachias em ação no Houston Open

Ulpiano Malachias em ação no Houston Open. Foto: Mike Calimbas

No Houston Open não tem para ninguém. Em quatro edições do campeonato, criado em 2010, a Gracie Barra sempre ocupou o lugar mais alto do pódio na disputa por equipes. Em 2013, os atletas do time somaram 232 pontos, 42 a mais do que o segundo colocado, a BJJ Revolution. A Nova União completou a lista dos três primeiros. Para comentar a atuação da equipe, conversamos com o faixa-preta Ulpiano Malachias, líder da GB Westchase, na grande Houston. O mineiro, que também lutou e foi campeão do pesado máster, comentou a luta que fez e revelou o segredo do sucesso do time.  

GRACIEMAG: Você foi campeão no pesado máster do Houston Open. Como foi a luta?

Ulpiano Malachias: Lutei com um cara local, o Ugo Arimo, da Solis Academy.  Ele era mais pesado e muito forte, mas subi de peso para poder ajudar a equipe. A luta foi como eu planejei, puxei para a guarda fechada e quase peguei no braço, mas  acabei raspando. No fim, administrei para garantir o ouro. Eu vinha de uma lesão no ombro e não quis trocar em pé para não correr riscos, mas graças a Deus foi tudo bem e sai com mais uma medalha de ouro. O melhor é que foi na frente dos meus alunos que tanto me apoiam

GRACIEMAG: O time Gracie Barra veio forte mais uma vez, ganhando o título geral por equipes pela quarta vez. Qual é o segredo?

Ulpiano: O segredo é o professor Vinicius Draculino, que faz um trabalho maravilhoso aqui no Texas e passa para gente a importância de se unir e treinar junto sempre. Essa é a razão de defendermos uma bandeira e sermos leais à Gracie Barra e ao Mestre Carlos Gracie Jr. O Draculino também frisa bem que é importante que a nossa equipe de competição esteja sempre forte e unida. Outro fator importante é o time de professores que temos no Texas: Alexandre Dande, Gabriel Martins, Brandon Mullins, Tyler Bosnard, Leo Cantu, Ted Stickel, entre outros e atletas que dão o sangue pela Gracie Barra. Com essa receita, não tem como errar.

GRACIEMAG:  Você deve ter tido muitos alunos lutando. Quem foram os destaques da equipe?

Ulpiano: Não tenho como lembrar de todos, mas desde já agradeço a cada um que ajudou o time a chegar a esse título no Houston Open. Entre os meus alunos, fizemos alguns campeões: David Droogleever, Leon Worth, Cris Brown, Joaquin Garay, Marat Shagirov, Michael Escamilia, Seth Cortney.

Assista Ulpiano em ação em Houston:

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *