Na Califórnia, duelo da nova geração do Jiu-Jitsu tem virada nos últimos segundos

Share it

Nathan Mendelsohn vibra com a virada sobre Tanner Rice no All Stars 2. Foto: Ivan Trindade/GRACIEMAG.com

Nosso GMA em Santa Cruz, Claudio França sempre cuidou para que a chama do Jiu-Jitsu competitivo se mantivesse acesa na Califórnia. O professor realizou nesse fim de semana a segunda edição do All Stars.

Nas áreas de luta, quem fez o público vibrar foi a revelação Nathan Mendelsohn, faixa-preta de França e protagonista de uma viradas daquelas, para vibração de sua torcida e familiares.

Nathan perdia por uma vantagem para Tanner Rice (Alliance), na final dos médios, até os últimos segundos, quando conseguiu superar a guarda elástica de Rice e sacramentar a vitória em sua primeira competição na graduação maior.

“Agora eu quero sair e ganhar tudo”, vibrou. “As pessoas dizem que é difícil, que no primeiro ano você tem de começar nos torneios menores, mas não vou me limitar com essa mentalidade. Eu quero ganhar o Pan e o Mundial no meu primeiro ano”, empolgou-se.

Ainda na faixa-preta adulto, Osvaldo Moizinho não teve problemas para despachar Steven Cocos com um estrangulamento com a lapela e ficar com o título dos leves.

Na faixa-marrom, Manuel “Manny” Diaz foi o campeão absoluto e do superpesado.

Na contagem final a campeã por equipes foi a Coalition 95, em segundo lugar ficou a equipe Caio Terra JJ e a terceira posição foi assegurada pela Kaijin BJJ.

Para verificar todos campeões, clique aqui.

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article
  1. Pingback: Na Califórnia, duelo da nova geração do Jiu-Jitsu tem virada nos últimos segundos | BoxingTown

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.