Estreante nos leves do UFC, Renée Forte se diz preparado: “Estou a mil por hora”

Share it

Renée Forte. Foto: Divulgação

No  próximo sábado, dia 16 de fevereiro, Renée Forte terá a missão de representar o Team Nogueira em mais uma edição do UFC. O cearense, ex-participante do The Ultimate Fighter Brasil, fará sua estreia entre os leves da organização contra o inglês Terry Etim pelo UFC on Fuel TV 7, que será realizado em Londres, na Inglaterra. Dono da casa, Etim ficou conhecido pelo o público brasileiro após sofrer o nocaute mais bonito de 2012 para Edson Barboza no UFC Rio II, realizado em janeiro do ano passado.

Com um cartel de sete vitórias e duas derrotas, Renée tentará sua primeira vitória no maior evento de MMA do planeta. Para isso, ressaltou a importância do trabalho desempenhado no Team Nogueira nos meses que antecederam ao duelo.

“Minha preparação foi muito bem feita, estou me sentindo muito bem. Fui muito ajudado por meus companheiros de treinos aqui no Team Nogueira. O planejamento não poderia ter sido melhor, treinei todas as partes, estou pronto para fazer uma grande luta. É isso que o público deseja, e é isso o que eu quero para mim”, afirmou.

O lutador, que disputou o reality show TUF Brasil entre os médios (até 84 kg) e fez sua estreia no evento pelos meio-médios (até 77kg) também comentou sobre sua ida para os pesos leves (70 kg). Forte garante que a transição não irá o atrapalhar e que o trabalho de perda de peso já vem sendo desenvolvido há alguns meses. Além da questão corporal, o brasileiro deixou claro que não teme o forte jogo de chão de Etim, e que confia em suas habilidades para frustrar o adversário.

“Eu já venho perdendo peso há bastante tempo, vou descer cerca de 23 kg. Estou bem mais rápido e com a força na mesma medida de antes. Vou entrar a mil por hora, com toda a certeza. Reconheço a qualidade do Eitm no chão, mas também acredito no meu potencial, vou desenvolver o que eu treinei. Acho que faremos um bom combate,é uma luta muito importante para a minha carreira”, disse o também faixa-preta de Jiu-Jitsu.

Antes de desembarcar em Londres, o atleta do Team Nogueira participou de duas semanas de treinamentos na França ao lado do também lutador Cyril Asker, e revelou que o período foi muito importante na parte de adaptação e finalização dos treinamentos.

“Esses dias foram muito importantes para me aclimatar, e buscar ainda mais conhecimentos e informações de um modo geral. Treinei bastante a parte de wrestling e boxe, o trabalho foi muito bem executado. Estou confiante para mais este desafio, só tenho a agradecer por todo o suporte que me foi dado durante todo este tempo”, concluiu.

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *