Assuério Silva opera, permanece estável e não corre mais riscos

Share it
Assuerio Silva nas costas de Emelianenko no Pride Foto Susumu Nagao NOCAUTE

Assuério nas costas de Alexander Emelianenko no Pride. Foto: Susumu Nagao NOCAUTE

O ex-lutador do UFC Assuério Silva, que sofreu um atentado a balas na noite de terça-feira em Curitiba, não corre mais risco de vida, informou o último boletim do hospital Cajuru, onde o atleta está internado.

Nenhum dos cinco tiros atingiu Assuério com gravidade. Na manhã desta quarta, o ex-campeão do Pancrase passou por uma cirurgia no pulso, para corrigir uma fratura óssea causada por um dos projéteis. Os outros quatro disparos atingiram a cabeça, o quadril, joelho e coxa de Assuério, conforme noticiou a Band News FM.

O principal suspeito do ataque é um ex-sócio de Assuério. Antes de ser socorrido e internado em estado grave, Assuério pronunciou o nome do acusado. O lutador já deixou o CTI e está na enfermaria do hospital.

Segundo a Polícia Militar paranaense, o suspeito Róbson Freitas já foi detido na tarde desta quarta. Em sua casa, foram apreendidas munições de revólveres calibres 22 e 38. Róbson foi preso e levado para o Centro Integrado de Atendimento ao Cidadão (Ciac Sul). O caso continua sendo apurado pelo 12° Distrito Policial do estado. As informações são do jornal “Gazeta do Povo”.

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *