Glover Teixeira aceita recado de Rampage Jackson: “Vá pegar o cinturão”

Share it
Rampage e Glover se abraçam após a luta. Foto: UFC/Facebook

Rampage e Glover se abraçam após a luta. Foto: UFC/Facebook

Um clima fraternal tomou conta dos bastidores do UFC on Fox 6. Após um duelo de gigantes, protagonizado por Glover Teixeira e Quinton “Rampage” Jackson, as farpas disparadas antes do embate foram deixadas de lado e um ar de cordialidade tomou conta do cercado. Após o evento, realizado no dia 26 de janeiro, em Chicago, Glover Teixeira disse no coletiva de imprensa pós evento que é fã de Rampage, além de ressaltar o bom trabalho executado no octagon.

“A luta foi ótima. O Rampage é uma lenda do esporte e eu fico feliz de ter chegado lá e feito essa luta com ele. Lutei em pé, joguei ele pra baixo, fiz um pouco de tudo e me sinto ótimo com isso”, comemorou o mineiro de  Sobrália.

O faixa-preta, que com essa chegou à sua 18° vitória consecutiva, recebeu os parabéns por seu embate de todos em volta, inclusive de Rampage, torcendo para que a acensão na carreira de Glover só pare no topo dos meio-pesados.

“Agora eu sou seu fã. Vá pegar aquele cinturão”, torceu o lendário ex-campeão da categoria.

Agora resta saber como fica a corrida para o tão sonhado cinturão, atualmente nas mãos de Jon Jones. E o que não falta é gente na fila.

E vocês, acham que Glover já merece uma chance de disputar o título dos meio-pesados? Confira, no vídeo abaixo, os melhores momentos da vitória de Glover Teixeira sobre Rampage Jackson e comente conosco!

http://www.youtube.com/watch?v=d_17DZ2wxLE

UFC on Fox 6

United Center, Chicago – EUA

26 de janeiro de 2013

Demetrious Johnson venceu John Dodson por decisão unânime

Glover Teixeira venceu Quinton Jackson na decisão unânime dos jurados

Anthony Pettis nocauteou Donald Cerrone aos 2min35s do R1

Ricardo Lamas venceu Erik koch por nocaute técnico aos 2min32s do R2

TJ Grant nocauteou Matt Wiman aos 4min51s do R1

Clay Guida venceu Hatsu Hioki na decisão dividida dos jurados

Pascal Krauss venceu Mike Stumpf na decisão unânime dos jurados

Ryan Bader finalizou Vladimir Matyushenko na guilhotina a 50s do R1

Shawn Jordan venceu Mike Russou por nocaute técnico aos 3min48s do R2

Rafael “Sapo” Natal finalizou Sean Spencer no katagatame aos 2min13s do R3

David Mitchell venceu Simeon Thoresen por decisão unânime dos jurados

 

Ler matéria completa Read more
There are 5 comments for this article
  1. Ricardo Farias at 5:07 pm

    eu não minha modesta opinião, já acho q ele é o melhor lutador brasileiro da categoria!
    ele só não foi para o ufc antes por problemas com o visto dele!
    quem acompanha a carreira dele e suas lutas sabe, que ninguem faz frente a ele há anos!
    eu tenho plena confiança q ele tem talento, coração e garra pra derrotar o JJ!
    ele é muito bom de trocação, bom de queda e bom de chão e guerreiro!
    Assistam as lutas dele de 5 anos pra cá e vejam a superioridade dele em relação aos adversários, pra mim não é nenhuma surpresa estas 3 vitorias q teve no ufc!
    Pela primeira vez eu acho q temos um lutador com talento pra vencer o JJ, e o nome dele é Glover Teixeira!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *