Europeu: Bernardo e Léo Nogueira fecham absoluto; Roger pede luta

Share it

Bernardo Faria brilhou no absoluto, onde venceu Renato Cardoso e Calasans. Foto: Ivan Trindade/GRACIEMAG

Sábado normalmente é dia de absoluto nos torneios da IBJJF, e em Lisboa um pelotão de elite do Jiu-Jitsu mundial entrou na guerra. Os sobreviventes, no entanto, vestiam a farda da Águia: Bernardo Faria e Léo Nogueira, da Alliance.

O mineiro Bernardo Faria começou a brilhar ao finalizar Renato Cardoso (CheckMat) na chave omoplata, vitória que o levou até a semifinal. Contra o duro Claudio Calasans (Atos), que havia vencido DJ Jackson na decisão, Bernardo garantiu a vaga na final ao pegar as costas.

Léo Nogueira teve ótima atuação no absoluto. Foto: Ivan Trindade/GRACIEMAG.

Do outro lado da chave, Léo Nogueira (Alliance) arrochou o leglock em Bruno Matias (CheckMat) nas quartas de final. Na semifinal, encarou o pesadíssimo Alexander Trans, que havia passado a guarda de Lucio Lagarto. Léo então repetiu o que o companheiro Bê Faria fez, e com uma pegada de costas no dinamarquês foi para a final.

Em entrevista ao repórter Ivan Trindade, Bernardo Faria disse que a decisão de quem será o campeão absoluto vem amanhã, após os resultados na categoria.

Via Twitter, o GRACIEMAG pediu ao menos uma luta de exibição entre Bê e Léo em Lisboa. O campeão Roger Gracie entrou e fez coro: “Essa final do absoluto tem que ter luta!”.

Bem-humorado, o general da Alliance Fabio Gurgel, que normalmente se posiciona contra uma luta entre dois companheiros de treinos que se prepararam juntos, respondeu com um convite. Para quem quiser ver Nogueira vs Faria, é só chegar na Alliance São Paulo, onde as feras treinam um contra o outro o tempo todo:

“Estão todos convidados! Rua Nova Cidade, 182, em São Paulo”, twitou Gurgel.

Ler matéria completa Read more
There are 17 comments for this article
    • Jorge Zamar at 4:28 pm

      Rodolfo é top, mas ainda precisa conquistar muito mais pra ser comparado ao Roger. Masss, acredito que será questão de tempo pro Rodolfo conquistar e se tornar um dos maiores da História!

  1. Rubens Scassiotti Padua at 11:30 pm

    Se o jiu-jitsu quiser ser um esporte levado a sério, um evento internacional como o Europeu, precisa que a luta final do absoluto seja realizada.

    Roger sabe disso e mando a real!!! Atletas de uma mesma equipe devem ficar do mesmo lado da chave, que fechem no máximo a luta semi final … A FINAL TEM QUE EXISTIR!!!

  2. Rubens Scassiotti at 11:33 pm

    Se o jiu-jitsu quiser ser um esporte levado a sério, um evento internacional como o Europeu, precisa que a luta final do absoluto seja realizada.

    Roger sabe disso e mando a real!!! Atletas de uma mesma equipe devem ficar do mesmo lado da chave, que fechem no máximo a luta semi final … A FINAL TEM QUE EXISTIR!!!

    • Diogo Ferreira at 1:05 am

      era so a federação trasmitir todos os seus eventos por payperview , e com o dinheiro arrecado colocar premiação em dinheiro em todas as finais da faixa preta, e so pagar se ouver luta.

  3. Luiz Henrique Piscirico at 9:22 pm

    mais uma vez deixamos de ver um espetaculo por causa do jogo de equipe
    o fato é que fica feio pra caramba pra quem assiste, mas fazer o que na minha opinião quem perde é o jiu jitsu. por isso não vamos para as olimpiadas…

Deixe um comentário para Overcrow Cancel comment reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.