Sem medo do invicto Andrew Craig, Ronny Markes quer mostrar sua evolução no UFC SP

Share it
Ronny Markes pretende tirar invencibilidade de  Craig neste sábado. Foto: Josh Hedges/Zuffa LCC via Getty Images

Ronny Markes pretende tirar invencibilidade de Craig neste sábado. Foto: Josh Hedges/Zuffa LCC via Getty Images

Ronny Markes enfrenta o norte-americano Andrew Craig, no UFC São Paulo, neste sábado, dia 19 de janeiro, pela categoria peso-médio da organização. Sem lutar desde fevereiro de 2012, quando fraturou a mão no combate contra Aaron Simpson, o potiguar garante ter evoluído neste período. E diz não ver problemas quanto ao card sem derrotas de seu adversário.

O americano Andrew Craig, apesar de invicto, é pouco conhecido pelo público brasileiro. Craig soma oito vitórias em oito lutas em seu card. Ronny também já esteve invicto na carreira. O potiguar atingiu a marca de sete lutas sem perder e foi considerado pela imprensa internacional como um dos brasileiros mais promissores na categoria.

“Eu sei que ele vai subir para o octógono com confiança. Já estive na posição dele e a invencibilidade dá certa confiança mesmo. Mas, estou trabalhando muito duro para acabar com esse tabu e, se tudo der certo, eu vou ser o primeiro a colocar uma derrota no cartel dele”, espera. “Ele está na vantagem com os brasileiros. Já foram dois nocautes contra lutadores do Brasil. Eu quero mudar isso”, disse o lutador. O norte-americano já derrotou Rafael Natal e Rodrigo Pinheiro.

Por causa do longo período sem lutar, Ronny Markes chegou a pesar 106 quilos. Sua categoria exige o limite máximo de 84 quilos. Segundo o seu treinador Jair Lourenço, líder da academia Kimura Nova União, o peso do potiguar já deixou de ser motivo de grande preocupação. Jair esteve no Rio de Janeiro acompanhando os treinos de Ronny e Renan Barão, que também é seu aluno. Barão, atualmente, prepara-se para a defesa do cinturão interino dos pesos galo, no dia 15 de fevereiro, contra Michael McDonald, no UFC on FUel 7.

“Meu maior receio era com o peso do Ronny, mas agora já não estou mais preocupado”, afirma Jair. “Faltam apenas cinco quilos e ainda temos um bom período. É o resultado de um longo trabalho que ajuda o atleta a não ficar estressado na hora da pesagem e a fazer uma boa recuperação depois dela”, explicou o “Lobo Mau” do Jiu-Jitsu.

Para Jair, este período de quase um ano sem luta por parte de Ronny não foi de todo ruim para o atleta. “O lado bom foi que conseguimos evoluir tecnicamente”, diz ele. “Ronny trabalhou mais à vontade, sem pressão de luta marcada. Então, conseguimos focar mais no jogo dele. Quando o atleta treina muito focado em uma luta, pensa muito no jogo do adversário e só evolui para a luta em questão”, explica. “A evolução técnica conquistada pelo Ronny nesse período foi enorme. Ele também melhorou a forma física e a agilidade. Com certeza, ele vai entrar com uma movimentação muito diferente e surpreendente nessa luta”, conta, confiante, o treinador.

Além do retorno ao octógno, Ronny Markes tem mais um bom motivo para mandar ver no próximo sábado. Essa será sua primeira luta no UFC em território brasileiro. E o lutador sabe que poderá contar com a torcida como aliada para nocautear Andrew Craig.  “Espero contar com a torcida brasileira de todos os cantos, Twitter, Facebook, presente no Ibirapuera para que, na hora em que eu entrar no octógono, eu esteja ainda mais forte e consiga trazer essa vitória para nosso país”, pede Ronny Markes.

UFC on FX 7
Ginásio do Ibirapuera, São Paulo, SP
19 de janeiro de 2013

Vitor Belfort vs Michael Bisping
Daniel Sarafian vs CB Dollaway
Gabriel Napão vs Ben Rothwell
Thiago Tavares vs Khabib Nurmagomedov
Godofredo Pepey vs Miltinho Vieira
Ronny Markes vs Andrew Craig
Diego Nunes vs Nik Lentz
Edson Barboza vs Lucas Mineiro
Iuri Marajó vs Pedro Nobre
Wagner Caldeirão vs Ildemar Marajó

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *