Após Copa Pódio, Augusto Tanquinho já pensa na “reestreia” no Europeu 2013

Share it
Tanquinho e Mackenzie selam a vitória com um beijo no dojô. Foto: Gustavo Aragão/GRACIEMAG

Tanquinho e Mackenzie selam a vitória com um beijo no dojô. Foto: Gustavo Aragão/GRACIEMAG

A noite da Copa Pódio no clube Hebraica, no Rio, ficou marcada não apenas pelo GP dos Pesados, mas também pelo inaugural duelo de casais, vencido pela dupla Augusto “Tanquinho” Mendes (Soul Fighters) & Mackenzie Dern (Gracie Humaitá), após confronto com o par Leandro Lo & Luiza Monteiro (Cícero Costha).

A primeira disputa entre dois casais faixas-pretas de Jiu-Jitsu começou com Augusto Tanquinho contra Leandro Lo, e Lo levou a melhor por 5 a 2. As mulheres então partiram para a luta com o placar deixado pelos namorados, e Mackenzie Dern conseguiu reverter o placar fazendo 8 a 2: no fim, 10 a 7 no placar agregado.

O namorado vencedor conversou com o GRACIEMAG.com, listou o que aprendeu na disputa e contou que já está fazendo as malas para o Europeu de Jiu-Jitsu.

GRACIEMAG: Você e o Leandro já lutaram algumas vezes e se conhecem bem. Como foi o reencontro no domingo, na Copa Pódio?

AUGUSTO MENDES: Isso mesmo, a gente já lutou algumas vezes e como das outras vezes acho que foi um bom combate. A luta foi bastante equilibrada, no meu ponto de vista – ele marcou três pontos da vitória nos últimos 15 segundos de luta. Como eu, da última vez, também passei e montei nos últimos 30 segundos. Enfim, ele aproveitou melhor a oportunidade dessa vez e teve todo o mérito da vitória.

Você acha que cometeu algum erro?

Sim, eu saí da minha estratégia no fim da luta e paguei por isso. Quando faltava 1min30s para acabar, optei por puxar para a guarda e puxei mal. O Leandro aproveitou e imprimiu um bom ritmo até conseguir a passagem.

Que lição que você tirou desse combate?

Luta de faixa-preta não pode ter erro, principalmente numa luta de seis minutos. Preciso melhorar muitas coisas para não errar.

Você entregou o combate em desvantagem para Mackenzie, mas ela conseguiu reverter. Vocês conversaram algo antes da luta?

Não falamos nada, nós já tínhamos conversado tudo antes, em treinos e ali nos bastidores. Nós treinamos para todas as situações, ela estava preparada para lutar caso eu entregasse ganhando ou perdendo. E ela foi sensacional.

E ela entrou ainda mais motivada…

É da natureza dela, ela sempre luta para frente e com vontade de ganhar. Logo após minha luta sentei na rampa de acesso ao palco e só conseguia pensar na roubada que deixei para ela… Olha a situação: estreia na faixa-preta, luta de seis minutos apenas, e contra uma adversária altamente gabaritada. E ainda começando três pontos atrás no placar! Você vê? Tudo isso já era suficiente para ela entrar motivada. Mas o principal para mim é a vontade dela de ganhar. A Mackenzie carrega isso com ela em todas as faixas, e na preta não seria diferente. Ela foi simplesmente incrível.

E agora, o Europeu, no peso-pena?

Confirmei minha inscrição ontem para o torneio. Já tinha o plano de lutar no peso-pena, tanto que para a luta de casais fiquei bem abaixo dos 76kg combinados: pesei 74,7kg de calça jeans e camiseta! Preferi isso a ter de perder peso em cima a hora. Agora é focar ainda mais na dieta e tentar chegar forte lá! Em minha última atuação como peso-pena, fiquei em segundo no Mundial, em 2011, então espero fazer um bom trabalho. Fico duas semanas aqui no Rio treinando com minha equipe e sábado volto para os EUA para uns treinos com o Megaton e a galera dele. Em Lisboa, os fãs podem esperar um Tanquinho concentrado para fazer o seu melhor. Será meu retorno aos campeonatos grandes após minha cirurgia na cervical.

>>> Para ver quem está dentro do Europeu, clique aqui!

Ler matéria completa Read more
There are 3 comments for this article

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *