Team Nogueira celebra 5 anos de academia com evento rico em finalizações

Share it
Circuito Team Nogueira de MMA foi repleto de finalizações. Foto: Diogo Schöpke

Circuito Team Nogueira de MMA: evento repleto de finalizações no Rio. Foto: Diogo Schöpke/Divulgação

Realizada na noite deste sábado, 12 de janeiro, a segunda edição do Circuito Team Nogueira de MMA contou com um repertório afiado de finalizações e duelos que levantaram o público presente ao CT dos irmãos Nogueira, no Recreio dos Bandeirantes, Rio.

No combate principal da noite, Júnior Preto superou uma lesão na mão direita e venceu George Silva por decisão unânime, levando o campeão às lágrimas no fim.

A competição, que teve um total de sete lutas, contou com a supremacia dos atletas do Team Nogueira, que venceram seis combates.  No primeiro deles, Fábio Monstro conseguiu neutralizar o jogo do Rodolfo Mutante e venceu por finalização ainda no primeiro round.

Saulo de Souza realizou a segunda luta contra Antônio Inácio, e fez questão de mostrar seu cartão de visitas, encaixando uma guilhotina fatal já no primeiro round. No terceiro confronto, Alan Chatuba não deu chances para Thiago Rossar e, com um mata-leão, conquistou a décima vitória na carreira.

Destaque do MMA nacional, Igor Chatubinha superou a mudança de adversário em cima da hora, e impôs seu jogo para finalizar Joilton Santos com um belo triângulo de mão. Com o placar de 3 a 0 para o time dos irmãos Nogueira, o experiente Arthur Gogó teve a missão de ampliar ainda mais a vantagem. O carioca não decepcionou e fez uma das melhores lutas do evento contra Rodrigo Carlos, vencendo por decisão unânime dos jurados.

No coevento principal, a fera André Chatuba enfrentou Sérgio Souza, em um dos melhores combates da edição. Apesar de começar melhor, dominando, Chatuba foi surpreendido e nocauteado no terceiro round. Golaço de Souza.

Júnior Preto supera lesão e vai às lágrimas

No principal duelo da noite, Júnior Preto fez valer seu favoritismo contra George Silva e venceu por decisão unânime. O atleta, que quebrou a mão durante o duelo, levou ampla vantagem na parte em pé, suportou o forte jogo de chão de seu oponente e colecionou mais um resultado positivo para o seu cartel. A emoção do lutador então foi inevitável.

Circuito Team Nogueira 2

CT dos Nogueira, Recreio, RJ

Sábado, 12 de janeiro de 2013

Junior Preto venceu George Silva na decisão unânime dos jurados

Sérgio Souza nocauteou André Chatuba no R3

Arthur Gogó venceu Rodrigo Carlos por decisão unânime

Igor Chatubinha finalizou Joilton Santos com um triângulo de mão aos 2min33s do R1

Alan Chatuba finalizou Thiago Rossar com um mata-leão aos 3min33s do R2

Saulo de Souza finalizou Antônio Inácio com uma guilhotina aos 2min34s do R1

Fábio Monstro finalizou Rodolfo Mutante com uma kimura aos 3min2s do R1

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *