Qual é o erro mais comum ao aplicar o armlock da guarda no Jiu-Jitsu? Descubra agora

Share it

Michelle Nicolini encaixa o armlock no Europeu de Jiu-Jitsu, em 2012. Foto: Raphael Nogueira/GRACIEMAG.com

A última GRACIEMAG lembrou você da importância de dominar a cartilha dos armlocks. Se você perdeu, não deixe mais nenhuma edição da sua revista de Jiu-Jitsu favorita passar, e assine hoje mesmo – você ainda leva um kimono grátis.

Nesta quinta-feira, a equipe do GRACIEMAG.com ajuda você a não errar de novo um dos golpes mais úteis para os faixas-brancas: o armlock na guarda, finalização das mais emblemáticas da arte suave.

Um movimento adequado do quadril e a quebra da postura do oponente são fundamentais para a execução do ataque, mas qual seria o principal erro que os iniciantes cometem?

No vídeo a seguir, o faixa-preta Rowan Cunningham nos dá a dica. O problema vem sempre na hora de pesar a segunda perna.

Repare. Para o ataque fluir, são quatro etapas em especial:

1. Domine o braço, colando o cotovelo dele em sua barriga;

2. Bote o pé na virillha;

3. A segunda perna pesa então nas costas do oponente, bem alta, batata da perna prendendo o ombro.

4. Traga a perna da virilha em volta da cabeça do oponente e finalize.

O erro mais comum é na hora de pesar a segunda perna – quando o aluno posiciona mal a perna, muito abaixo do ombro, ou, principalmente, quando o aluno se afasta ao quebrar o quadril, se entortando todo.

Ao ficar de lado para o adversário, você impede a segunda perna de subir para o lugar certo.

Repare, no vídeo (a partir de 1min45s), como o professor mantém-se bem justo e virado de frente para o adversário, e só quebra um pouco para o lado depois que a segunda perna está pesando e quebrando a postura do oponente.

E aí, ajudamos a corrigir seu erro?

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *