Xande Ribeiro: “Não parei, para mim a Copa Pódio é o fim da temporada”

Share it
Xande Ribeiro bota pressão em Rodolfo Viera na final dos pesados, no Mundial 2012. Foto: Dan Rod

Xande Ribeiro bota pressão em Rodolfo Vieira na final dos pesados, no Mundial 2012. Foto: Dan Rod

Xande Ribeiro completa 32 anos no próximo dia 20 de janeiro, e ele já sabe o que quer ganhar no início de 2013. O professor nascido em Manaus e hoje radicado em Los Angeles tem treinado forte para vencer o Grand Prix dos Pesos Pesados da Copa Pódio, no dia 13 no Rio de Janeiro.

O GP começa, em sua primeira fase, dividido em dois grupos – e Xande caiu no mais acirrado, com a concorrência do campeão mundial pesado Rodolfo Vieira, do astro marrom Keenan Cornelius, do bicampeão mundial superpesado Léo Nogueira e da fera de jogo completo Alexandro Ceconi.

Xande, que tem se mantido no topo do esporte desde 2005, falou sobre sua preparação e de como encara o Jiu-Jitsu para ser um campeão tão longevo. Confira!

GRACIEMAG: Lutas de seis minutos, contra uma garotada cascuda, e ainda por cima no início da temporada. Como você está organizando seus treinos para fazer bonito mais uma vez, agora na Copa Pódio?

XANDE RIBEIRO: Meus treinos estão sendo perfeitos. Na verdade, para mim este campeonato é o fim da temporada, porque não parei de competir nem de treinar. Comecei meus treinos com o Rafael Lovato, em Oklahoma, e estou terminando com a galera de San Diego e Los Angeles, aqui pelos EUA mesmo. Nem comemorei muito as festas de fim de ano, fiquei curtindo a minha filha e dormindo cedo. Eu foquei no mesmo treinamento de sempre, para fazer guarda e passar, só que com mais ajuste. Treinei bastante a velocidade também, pelo fato de as lutas durarem seis minutos. Quem sabe sai um veneno aí.

Como você avalia seu grupo?

Achei meu grupo o máximo, apesar de ter muito título mundial nele. Para mim foi ótimo cair nesse grupo, porque posso lutar com dois nomes que me ganharam no ano passado, o Rodolfo Vieira e o Léo Nogueira, e ainda com a revelação Keenan Cornelius e com Alexandre Ceconi, com quem nunca lutei. Esse negócio de grupo mais forte no fim das contas é só por causa dos nomes, e dos títulos mundiais, pois os dois grupos são muito duros. Eu me vejo como mais um na briga, mais um que vai entrar lá para vencer.

Como você lembrou, no ano passado você enfrentou o Rodolfo na final do Mundial, no peso pesado, e ele levou a melhor por uma queda. O que você espera deste segundo combate entre a “velha guarda” e a nova geração?

Acho que será um show. O Rodolfo é casca-grossa e cai dentro sempre. E quem sabe a gente não se enfrenta duas vezes no Hebraica?

Você arrisca algum palpite para o duelo de casais, entre Tanquinho vs Leandro Lo e Mackenzie vs Luiza Monteiro?

Tem tudo para ser uma guerra, o Augusto Tanquinho venceu o Leandro Lo sem kimono, e a Mackenzie Dern e a Luiza Monteiro estão em ótima forma. Quero ver essa briga.

Qual o segredo para se manter no topo de um esporte tão disputado como o Jiu-Jitsu? Há algum macete ou está tudo na mente?

O segredo é estar sempre com a cabeça aberta para novos conhecimentos, e alongar bastante. Façam muita ginástica natural, cuidem da alimentação e aprendam a equilibrar a forte carga de treinos alternando com descanso e diversão. E lógico, acreditem sempre que a técnica vence a força.

>>> Quer ficar por dentro de tudo que cerca o mundo do Jiu-Jitsu? Então assine logo GRACIEMAG, clicando aqui!

Ler matéria completa Read more
There are 3 comments for this article
  1. Marlon at 7:15 pm

    He’s a true champion, one of the top 5 competitors of this century. Great technique and strength, physical and mental…a true warrior. He will give us all an awesome show of real jiu jitsu.
    Best of luck Xande u deserve!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *