Bruno Bastos fala dos treinos pra Copa Pódio e mostra passagem de meia

Share it

Bruno Bastos é uma das feras no GP dos Pesados da Copa Pódio. Foto: Arquivo Pessoal.

O ano novo começou e com ele a temporada de Jiu-Jitsu 2013. O primeiro grande evento do ano, o GP dos Pesados da Copa Pódio, no Rio, já se avizinha, e as feras têm treinado forte.

Confirmado no GP, dia 13 de janeiro no ginásio do Clube Hebraica, o veterano Bruno Bastos está afiando suas técnicas com uma tropa de elite da escola Nova União, e até um treininho com Fernando Tererê ele deu.

“Meu grupo está bem equilibrado, e todos têm chances de se classificar”, diz Bruno. “Acho que vou surpreender as pessoas”, completa ele, em entrevista ao GRACIEMAG.com.

GRACIEMAG: Você está recuperado da contusão no braço que o impediu de fazer a final da IBJJ Pro League com o Roberto Tussa?

BRUNO BASTOS: Sim, cinco dias após o evento eu já estava treinando. Foi uma contratura no antebraço, muito em função do overtraining por querer estar 100% para todos os eventos. Eu estava treinando mais do que devia. Queria muito ter lutado e ganhado a final por ser o primeiro evento nesses moldes da história da IBJJF. Estarei lutando lá novamente em 2013.

Como está seu camp para a disputa do GP dos Pesados?
Os treinos estão ótimos. Não poderia ter tido um camp melhor. Em minha academia em Midland, no Texas, estou tendo treinos de alto nível, pois meu irmão Ricardo Bastos e uma molecada da Nova União que vem subindo estão me ajudando. Além deles, treinei com Gustavo Dantas, Robson Moura, Vitor Shaolin e Renato Charuto. Minha preparação física está bem, aos cuidados do Giulliano Massaras. Agora estou terminando meus treinamentos com Rodrigo Feijão, Daniel Garcia, André Bastos, Henrique Pelé, André Marola e a galera do meu faixa-preta Fabio Andrade, de Bangu. E fiz um treininho de luxo com a lenda Fernando Tererê. Tá ruim?

Como você avalia o seu grupo na disputa da Copa Pódio?

É um grupo bem difícil na minha opinião, está muito equilibrado. Todos têm chances de passar para a fase seguinte. A minha estratégia é lutar para vencer. É assim que venho para a competição. Acho que vou surpreender as pessoas.

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *