Conheça a fera TJ Waldburger, dono da melhor finalização do TUF 16 Finale

Share it
TJ Waldburger no UFC

TJ Waldburger no UFC

O peso meio-médio TJ Waldburger, 24 anos, era um famoso desconhecido para o grande público e para os fãs do Jiu-Jitsu, antes do TUF 16 Finale.

Mas isso foi só até arrochar uma guilhotina em Nick Catone, variar para o triângulo e apagar o oponente. Em nossa conta no Twitter, cantamos na hora: “Será a finalização da noite?

Dito e feito, TJ (16v, 7d) levou para casa os 65 mil dólares pela finalização da noite. Mas quem de fato é TJ Waldburger?

Anthony “TJ” começou a carreira muito jovem, como ele relembrou ao nosso repórter Erik Fontanez.

Garoto em Belton, Texas, ele começou bem cedo a brincar de lutas, embolando-se com os amigos enquanto via as lutas na TV. Era um menino aficionado por esportes e muito enérgico, o que levou o padrasto a procurar direcionar aquela energia em algo que fosse render frutos: uma academia de MMA.

TJ até achou que o padrasto estava brincando. Mas, quando viu, tinha largado os pedaços de lençóis que amarrava nos punhos para fingir de luvas, e já treinava com material adequado.

Waldburger fez sua primeira luta como profissional aos 17 anos, em 2005, antes de atingir a maioridade. Ele precisou de autorização dos pais, e foi quando convenceu a família de que queria isso para sua vida. Não foi fácil.

“Depois de muita conversa e lágrimas nos olhos, convenci meus pais a assinarem a permissão para eu lutar. Eles entenderam que eu iria me tornar bom nisso”, revelou TJ ao GRACIEMAG.com.

Após “15 ou 16” lutas sem ganhar quase nenhum dinheiro, a fama viria com o UFC.

“Na verdade o dinheiro não é prioridade. Eu realmente amo o que faço”, disse o faixa-marrom de Jiu-Jitsu, que treina na Grappler’s Lair. “Lembro na escola, o pessoal dizia que eu era louco. Mas a luta acendeu um fogo em mim. Não tem pressão igual a estar ali dentro de um ringue, é algo eletrizante”.

TJ Waldburger fez sua primeira luta pelo UFC em 2010, quando venceu David Mitchell na decisão unânime dos jurados durante o UFN 22. Sua vitória sobre Nick Catone foi sua sexta passagem pelo octógono.

O amor pelas lutas não é balela: ele casou-se e teve um filho com Shayla Moore, filha de seu professor, John Moore.

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *