Vacilou e perdeu as costas? Finalize no relógio ou no katagatame

Share it
Jeff Glover busca as costas de Caio Terra na World Jiu Jitsu Expo Foto Dan Rod

Jeff Glover busca as costas de Caio Terra na World Jiu Jitsu Expo. Foto: Dan Rod/GRACIEMAG

O ataque nas costas é uma das posições mais fortes do lutador de Jiu-Jitsu, como o professor Robert Drysdale reforçou na reportagem de capa do mês passado, em GRACIEMAG.

Se você bobear, porém, e perder as costas, ainda pode dar seu jeito de conseguir a finalização.

É o que nos ensina, hoje, o faixa-preta Jean Feijó, professor da Gracie Floripa.

“Quando você está com o estrangulamento encaixado e o adversário consegue tirar um dos ganchos e girar para defender, o macete é continuar com as pegadas firmes na gola”, explica Feijó.

Feito isso, retire o outro gancho da perna e coloque para fora, servindo como os “ponteiros” que giram para você arrochar o estrangulamento conhecido como relógio. “É só você alternar as pernas andando para frente e finalizar”, ensina Jean Feijó.

O golpe tem outras alternativas, como um bom ataque de Jiu-Jitsu precisa ter.

Caso o oponente, ou a oponente no caso, não vire de quatro, basta passar o braço pelo pescoço, girar e encaixar o katagatame, como o professor detalha aos 2min30s.

“A dica nesta posição, para não o adversário fugir, é usar o outro gancho em baixo do joelho dele. E manter a pressão mão com mão”, diz Jean. “Quando ele ficar totalmente de lado, você gira o quadril, solta a pegada e passa o braço pelo pescoço dele, para finalizar no katagatame”, conclui o professor da Gracie Floripa.

Ler matéria completa Read more
There are 12 comments for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *