Toninho Fúria sobe de categoria e unifica cinturões do Bitetti Combat

Share it
Toninho Fúria unifica cinturão do Bitetti Combat (Foto: Arquivos GRACIEMAG)

Toninho Fúria unifica cinturão do Bitetti Combat (Foto: Arquivos GRACIEMAG)

O Bitetti Combat fechou o ano de 2012 neste domingo, dia 9 de dezembro, no ginásio do Flamengo, na Gávea. A 13° edição do evento trouxe lutas duríssimas, dois cinturões em jogo e um concorrido GP de moscas. Toninho Fúria, atual campeão dos penas, subiu de categoria para derrotar Andrezinho Nogueira e unificar seu título com o cinturão dos leves.  Tivemos também Pedro Silveira, que superou Sandro China e ficou com o interino dos galos; e Pedro Nobre, que venceu duas lutas na noite para levar o GP dos moscas.

A luta principal da noite foi entre Toninho Fúria, atleta da BTT que teve Murilo Bustamante e Miltinho Vieira em seu córner, contra Andrézinho Nogueira, atleta da Team Nogueira. O embate começou corrido com Toninho partindo pra cima sem dar chance de resposta para Andrezinho. Absorvendo bem as duras investidas de Toninho, Andrezinho se manteve vivo e foi para o segundo round com mais objetividade. Andrezinho começou um jogo de recuperação, com boas quedas e tentando trabalhar por cima, mas Toninho estava ensaboado e se levantou em todas as tentativas de Andrezinho. No R3 tivemos mais pressão de Toninho, que fechou o round e levou a cinta, unificando o título de duas categorias do Bitetti Combat.

Ao final da luta principal o organizador do evento, Amaury Bitetti, falou sobre os atletas.

“Grande luta! Andrezinho segurou até o fim mas o Toninho também é casca grossa e levou. Os dois merecem estar no UFC, tenho certeza disso”, disse Bitetti

Antes, tivemos a final do GP dos moscas. Pedro Nobre, que havia batido Eduardo Kiko na decisão unânime em um combate apertado, enfrentou Matheus Nicolau, jovem atleta da Nova União que venceu Denison Silva para se credenciar à final do GP. O combate parecia parelho no início do R1. Os atletas trocavam golpes à altura, até que Pedro Nobre conseguiu boa sequência pra cima de Matheus Nicolau, que ficou em pé recebendo duros golpes até o juiz interromper a luta e dar a vitória para Pedro, por nocaute técnico, que ficou com o título do GP até 57kg.

Outro destaque ficou com a peleja equilibrada entre Pedro Silveira e Sandro China que fizeram ótima luta e deixaram a difícil missão para os jurados, que deram o cinturão interino dos galos para Pedro, na decisão unânime.

No fim do evento, Amaury Bitetti fez uma projeção do Bitetti Combat  para 2013.

“Vamos ver se vamos pra Recife, começar a mudar os lugares, mas o Rio de Janeiro é o nosso foco”, fechou o organizador.

Confira os resultados da 13° edição do Bitetti Combat.

Bitetti Combat 13

Clube do Flamengo, Rio de Janeiro, RJ

9 de dezembro de 2012

Toninho Fúria venceu Andrezinho Nogueira na decisão unânime dos jurados

Pedro Silveira venceu Sandro China na decisão unânime dos jurados

Cristiano Ferrugem venceu Tiago Ximaru por nocaute técnico no R3

Diego Davella finalizou Marcio Cocada com um katagatame no R1

GP dos moscas

Pedro Nobre venceu Mateus Nicolau por nocaute técnico no R1

Mateus Nicolau venceu Denison Silva na decisão unânime dos jurados

Pedro Nobre venceu Eduardo Kiko por decisão unânime dos jurados

Card Preliminar

André Minhoca finalizou Eliel “Topete Dourado” com um triângulo no R1

Isak Pimentel venceu Pablo dos Santos por nocaute no R1

Daniel Araújo venceu Jamilson Dadozinho por decisão unânime dos jurados

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *