Beldades, Bodão, Bob Sapp brasileiro e John Lennon marcam Shooto Brasil‏

Share it
Denise Rocha ex assessora parlamentar e capa da Playboy fez o pessoal babar novamente no Shooto Brasil Divulgacao

Denise Rocha, ex-assessora parlamentar e capa da “Playboy”, fez o pessoal babar de novo, no Shooto Brasil. Foto: Divulgação

Brasília já anda a mil por hora na política, mas na sexta-feira as emoções transbordaram no eixo monumental, onde fica localizado o ginásio Nilson Nelson. Por lá, ocorreu a edição 36 do Shooto Brasil, marcado por boas lutas e meninas do ringue cheias de curva.

O grande nome do evento foi Francimar Bodão, que aplicou um quedão em Cristiano Bob Sapp no final do primeiro round. Na projeção, Cristiano bateu o rosto e abriu um corte na face. Os médicos avaliaram o ferimento e decidiram que o lutador não tinha condições de permanecer no combate. Bodão foi declarado o novo campeão sul-americano até 100kg.

Numa movimentação frenética, Renato Moicano e Felipe Fróes protagonizaram um duelo daqueles. E, após três rounds o local Moicano foi primeiramente anunciado como vencedor na decisão dividida. Porém, houve erro na contagem, e após averiguação das fichas, o promotor André Pederneiras explicou que dois jurados apuraram que houve um empate e um deles deu a vitória para Moicano. Portanto, o resultado oficial foi o empate majoritário.

Nas outras lutas, Ronildo Augusto finalizou Eric Souza com triângulo de mão, Deyvison Santos arrochou o mata-leão em Dyel Alexandre e Bruno Silva só precisou da primeira etapa para dar o bote no braço de Felipe Gutemberg e encaixar uma chave de braço. Bom Jiu-Jitsu para alegria do campeão José Aldo, presente no show.

Shooto Brasil 36
Ginásio Nilson NelsonBrasília
23 de novembro de 2012

Francimar Bodão venceu Cristiano “Bob Sapp” Souza por interrupção médica no R1
Renato Moicano e Felipe Fróes empataram
Júlio César venceu Vágner Fernandes por nocaute técnico no R2
Ronildo Augusto finalizou Eric Souza no triângulo de mão no R1
Rander Junior venceu Eder Gama por decisão unânime
Deyvison Santos finalizou Dyel Alexandre no mata-leão no R2
Lucas Caio venceu Índio Paiakan por decisão unânime
Wylk Leandro venceu Lucin Fernandes por decisão unânime
Bruno Suema venceu John Lennon por decisão unânime
Bruno Silva finalizou Felipe Gutemberg na chave de braço no R1

Ler matéria completa Read more
There are 2 comments for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *