Um estrangulamento bizarro e o nocaute que parou o pupilo de Minotauro no Bellator

Share it
Rodrigo Minotauro astro do UFC

Minotauro foi córner da 80ª edição do Bellator, na Flórida. Foto: Divulgação

A noite de sexta-feira, em Hollywood, na Flórida, foi de MMA do bom no Bellator 80.

Na luta principal da noite, Joe Warren, ex-campeão dos penas, estreou com vitória na categoria galo. O wrestler superou Owen Evinger por decisão dos jurados.

Pela semifinal do GP dos pesados do Bellator, Vinícius “Spartan” teve Rodrigo Minotauro como córner, mas nem o auxílio de luxo salvou o lutador. O curitibano acabou nocauteado pelo russo Alexander Volkov no final do segundo round. Agora, Volkov vai enfrentar Richard Hale na final.

http://www.youtube.com/watch?v=_mLL8oj4Biw

Já no peso-pena, Wagnney Fabiano não conseguiu impor seu Jiu-Jitsu contra Rad Martinez, e depois de três rounds as papeletas decretaram a vitória do americano por decisão unânime.

Nas outras lutas, Cosmo Alexandre matou dois coelhos com uma paulada só. O campeão de muay thai, além de quebrar a invencibilidade de Josh Quayhagen, por decisão unânime,  devolveu a derrota sofrida em 2011, em sua estreia, no Bellator 52.

http://www.youtube.com/watch?v=iu5W1mxGDrQ

O evento foi marcante também pelo estrangulamento inventado por Joe Vedepo. Clique aqui e veja, no site do MiddleEasy.com.

Bellator 80
Hollywood, Flórida
9 de novembro de 2012

Joe Warren venceu Owen Evinger por decisão unânime dos jurados
Alexander Volkov venceu Vinicious Spartan por nocaute técnico no R2
Rad Martinez venceu Waggney Fabiano por decisão unânime dos jurados
Brett Cooper venceu Darryl Cobb por decisão unânime dos jurados
Ryan DeRocher nocauteou Taylor Krahl no R1
Cosmo Alexandre venceu Josh Quayhagen por decisão unânime dos jurados
Shanon Slack venceu Sky Moiseichik por decisão unânime dos jurados
Cristiano Souza nocauteou Robert Otani no R1
Joe Vedepo finalizou Mike Bernhard num estrangulamento com a canela no R1
Brandon Girtz venceu Michel Quinones por decisão unânime dos jurados

Ler matéria completa Read more
There are 2 comments for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *