Augusto Tanquinho ganha ouro duplo e vai quente para o Mundial Sem Kimono

Share it
 Augusto "Tanquinho", bem recuperado após a lesão, conquistou o ouro no absoluto leve. Foto: Arquivo Pessoal

Augusto “Tanquinho”, bem recuperado após a lesão, conquistou o ouro no absoluto leve. Foto: Arquivo Pessoal

Fim de semana de muita adrenalina em Nova York, palco da seletiva para o WPJJC de Abu Dhabi. No absoluto, DJ Jackson foi o grande nome ao vencer Roberto Cyborg. Já no absoluto dos levinhos, Augusto Tanquinho fez bonito, além de vencer o peso até 74kg.

“Eu não pude lutar o World Jiu-Jitsu Pro 2012 por conta de lesão e tinha ficado muito triste por isso. Queria muito ter defendido o meu título em Abu Dhabi em abril deste ano. Mas Deus sabe o que faz, estou recuperado e pronto para buscar o título nos Emirados novamente. Passei por muita coisa por causa da lesão que pouca gente sabe, mas estou tendo a chance de lutar novamente e em alto nível – isso me deixa muito feliz”, disse Tanquinho, em papo com o GRACIEMAG.com.

“Infelizmente pouca gente quis entrar no absoluto leve, e acabei fazendo só duas lutas. Na primeira, enfrentei o Denis Pinto (Fight Sports), e ele foi guerreiro de lutar, porque tinha quebrado a mão antes. Mas ele não conseguiu continuar, e eu segui para a final”, narrou o professor da Soul Fighters.

“Na final, enfrentei o Francisco Sinistro (Alliance Equador), e foi uma boa luta. Foi 2 a 2 nos pontos, e 4 a 1 nas vantagens para mim. Errei alguns ajustes de passagem de guarda, e perdi uma pegada pelas costas. Já sei o que tenho de trabalhar quando voltar aos treinos, mas no geral quase não errei no campeonato. Fiz seis lutas no total, joguei justo e para a frente”, disse Tanquinho, que não quer saber de férias.

“Já fiquei parado seis meses, sem fazer nenhum treino. Vou lutar o Mundial Sem Kimono neste fim de semana, e depois talvez o IBJJ Pro, da IBJJF, em dezembro. Depois vou ao Brasil para dar seminários – em Belém e outro no Mato Grosso. Estão todos convidados desde já”, reforçou.

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article

Deixe um comentário para Leo Fernandes Cancel comment reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.