Em Londres, uma verdadeira palestra sobre Jiu-Jitsu, por Roger Gracie

Share it
Roger Gracie na London Real TV

Roger Gracie brinca com Nic e Brian, após a entrevista concedida em Londres. Foto: Divulgação

Roger Gracie, 31 anos, foi o último convidado do programa semanal “London Real”, exibido em podcast e comandado por dois alunos seus na Inglaterra, Brian Rose & Nic Gabriel.

O bate-papo tornou-se uma bela palestra sobre Jiu-Jitsu, onde o Gracie falou sobre seus treinos, sobre MMA e até sobre Ronaldo Jacaré, e ainda explicou por que o Jiu-Jitsu é uma arte para todos. Ele enumerou também alguns dos astros do UFC que gosta de assistir, como GSP, Lyoto Machida, Rodrigo Minotauro e Jon Jones.

Para ver o programa na íntegra (em inglês apenas, infelizmente), clique aqui.

Os melhores momentos o GRACIEMAG.com destaca a seguir, pescando livremente algumas das lições de Roger Gracie:

“Sou calmo assim por causa do Jiu-Jitsu. Eu acho que medito enquanto estou lutando. No Jiu-Jitsu, perder o controle é perder a luta”

“Começar no Jiu-Jitsu não tem mistério. O Jiu-Jitsu é para todos – na minha academia o mais jovem aluno tem 4 anos e o mais velho tem 86”

“O Jiu-Jitsu ajuda principalmente quem não tem nada a ver com luta profissionalmente. Quando estamos ali dentro, a mente desliga automaticamente”

“Minhas primeiras memórias no Jiu-Jitsu são em casa, com meu pai me jogando para o ar em movimentos esquisitos. É como faço hoje com meu filho Tristan. Peço para ele me dar um armlock e ele faz o movimento, mas não tem ideia do que está fazendo de verdade”

“Acho que vou me aposentar no MMA aos 37 anos. Não me vejo lutando com mais de 40”

“O MMA é um esporte que não perdoa. Se você comete um erro, o nocaute vem na hora”

“Não vou me iludir achando que vou ficar tão bom quanto o Lyoto em pé, mas quanto mais ferramentas eu tiver, melhor lutador eu serei. Ainda mais porque a luta de MMA invariavelmente começa em pé”

“Acho que eu contra Jacaré provavelmente não vai ocorrer. O pessoal fica querendo reviver a rivalidade que a gente tinha no Jiu-Jitsu, mas há outras lutas mais interessantes para nós dois hoje, neste caminho até o título dos médios do Strikeforce”

“Um dos segredos para uma vida feliz é escolher uma profissão que dê prazer a você, ou então você vai passar anos e anos deprimido. Muitas vezes as pessoas não têm opção, mas é preciso tentar, pois quando você piscar, sua vida terá ido embora.”

“Depois daquela luta com o Jardine, com aquele sofrimento para perder peso, não tinha nenhum bom restaurante aberto por perto. Tive mesmo de comer uma pizza”

“Quando vejo uma foto antiga dos Gracie, todos de faixa-preta, a primeira coisa que penso é que eles treinavam todos juntos, e fico imaginando como deviam ser os treinos e a competição entre eles no tatame. É uma família especial de fato”

“Nic (entrevistador) chegou até a academia como qualquer novato, achando que era mais duro que qualquer um ali. Mas numa academia de Jiu-Jitsu a gente ensina o lado mais humilde da vida”

“Quando dou uma faixa-marrom para um aluno, normalmente já sei que ele estará pronto para usar a faixa-preta em dois anos. Pode demorar um pouco mais, uns três, mas se ele vai treinar com frequência vai chegar lá”

“Jiu-Jitsu é uma arte única pois você aprende a técnica e testa aquilo na mesma hora, no rola, com o oponente tentando resistir ao máximo contra aquilo. Em outras artes, o lutador não é capaz de treinar todo dia um chute bizarro giratório e voador no rosto do oponente, então ele não sabe se aquilo realmente vai funcionar. No Jiu-Jitsu você tem como medir exatamente que técnicas você sabe”

“Nada pode derrotar a mente, não importa se o lutador é forte ou não. Se a mente for fraca e ele não acreditar em si e em sua técnica, ele pode ser derrotado”

“Tudo na vida, das artes marciais aos negócios, é assim. Por que há tanta gente fazendo a mesma coisa e somente poucos atingem o ápice? Porque estes são os que realmente acreditam, e trabalham para isso”

“Um erro muito comum entre os lutadores hoje é querer treinar forte, mas de qualquer jeito. O resultado é que isso não dura muito, eles se machucam. Não é o quão duro você treina, mas o quão inteligente é o seu treino.”

*** Quer ficar com seu Jiu-Jitsu sempre atualizado e por dentro do que se passa no MMA?

Assine GRACIEMAG, aqui!

 

Ler matéria completa Read more
There are 6 comments for this article

Deixe uma resposta para Sérgio Holanda Cancel comment reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *