Jeff Glover e a luta no Metamoris: “Caio Terra é uma muralha que preciso escalar”

Share it
Jeff Glover busca as costas de Caio Terra na World Jiu Jitsu Expo Foto Dan Rod

Com este ataque no final, Jeff Glover surpreendeu Caio Terra na superluta da World Jiu-Jitsu Expo, em maio, e venceu por pontos. Foto: Dan Rod/GRACIEMAG

GRACIEMAG: O Metamoris se aproxima, é neste dia 14. Como estão seus treinos para a luta de 20 minutos contra Caio Terra, onde não vão valer pontos nem vantagens?

Estão bons, sem lesões. Como sempre tenho sido muito bem recebido para treinar em diversos lugares. Além dos toques do Ricardo Franjinha (professor e líder da Paragon JJ), tenho treinado muito com o Joel Tudor nos últimos dias. Gosto do jeito como ele vê o Jiu-Jitsu, ele tem uma guarda boa, um jogo agressivo e umas guilhotinas mortais, além de outros estrangulamentos perigosos.

Você está em boa forma física?

Nada, estou péssimo! Preciso finalizar ele rápido! (Risos)

Qual o maior risco que o Caio oferece, na sua visão? Qual a melhor finalização dele? 

Ele tem uma boa americana no pé, vou ficar atento a isso.

Vocês lutaram em maio, na Jiu-Jitsu Expo. Como você avalia a sua vitória ali, no finzinho, de virada?

Foi demais! A torcida estava do meu lado, e eu pude sentir a energia do pessoal. Acredito que em San Diego a torcida vai fazer novamente a diferença, quem estiver com essa energia a seu favor vai se superar e vencer. Vamos ver em San Diego de quem os fãs gostam mais. Acho que em nossa última luta ele de repente achou que estava ganho, até que ele caminhou diretamente para uma das minhas armadilhas (risos). Quer aprender essa minha arapuca? Posso ensinar a você!

O que você pensa realmente do Caio Terra como adversário, Jeff?

O Caio tem sido um bom colega, já há um tempo, de uma forma esquisita. Nossas tretas e discussões (via Facebook) nos trouxeram um monte de atenção dos fãs e do mundo do Jiu-Jitsu. Seja positivo ou negativo, repercussão é sempre repercussão. Então sou agradecido a ele, de certa maneira. Ele me fez melhorar, me fez treinar mais para vencê-lo. Ele é como uma muralha gigante no meu caminho. Preciso escalar. Oss Caio, nós somos dois guerreiros!

Você disse, no vídeo promocional do Metamoris, que não vê Caio com chance de te finalizar…

Por pontos, ele pode me vencer em qualquer campeonato. Mas me obrigar a bater é uma história completamente diferente!

Ele te comparou com o Chael Sonnen em entrevista ao GRACIEMAG.com. O que achou ao ler isso?

Amo tudo isso. Levante a gente, Caio! Vamos lá, a luta vai ser boa.

Por que você por vezes começa a luta de costas para o oponente?

Bem, é uma forma de provocar e irritar o adversário. Mas também tenho bons truques a partir daquela posição, quer ver?

Hoje não. Esta luta é com kimono, mas seus últimos bons resultados foram mesmo sem o pano, como no ADCC 2011, onde você foi terceiro no peso até 66kg. Você gosta mais de lutar sem kimono? Pensa em ir para o MMA?

Talvez sim, eu gostaria de finalizar o pessoal com meus triângulos, ao estilo Chris Holdsworth. Mas gosto mesmo do kimono, há mais finalizações disponíveis. Eu amo o brabo choke, por exemplo. De qualquer forma, adoro o ADCC também, em 2013 estou lá mais uma vez para as disputas sem kimono.

 

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *